3 cuidados que você pode estar deixando de lado na criação do seu filho

29/10

Se você é mamãe ou está gravidinha, com certeza já foi bombardeada por conselhos vindos de todo lado sobre como criar o seu bebê. Sabemos que as pessoas não fazem isso por maldade, que querem apenas compartilhar suas experiências e o que acreditam ser o melhor para nós – embora esse excesso de intervenções possa ser bastante exaustivo às vezes. A questão aqui é que muitos desses conselhos podem ir contra aquilo que é saudável para o desenvolvimento dos nossos pitucos. Por isso, é importante saber filtrar!

Neste post, vou abordar 3 cuidados que, muitas vezes, são deixados de lado na criação dos bebês, por serem considerados práticas “antigas”. Já falei aqui no blog sobre o Kinedu, um aplicativo que venho usando não só para fazer atividades que estimulam o desenvolvimento da Anne Liv, mas também para aprender mais sobre a maternidade e o desenvolvimento do bebê com os artigos, que são baseados em estudos científicos das maiores universidades do mundo, como Harvard e Stanford.

Clique AQUI e baixe o Kinedu 100% grátis!

Li um artigo no Kinedu que falava sobre a importância desses cuidados. Dá uma olhada:

  • Amamentar o seu bebê

Sei que nem todas as mamães conseguem produzir leite, mas se você consegue, saiba que a amamentação tem inúmeros benefícios para a saúde e o desenvolvimento do seu filho.

O leite materno:

  • Fornece uma nutrição adequada e personalizada para o seu bebê, ajudando os órgãos dele a funcionar da melhor forma possível.
  • Reduz o risco de doenças e infecções.
  • Contém prebióticos, que colaboram para uma boa digestão e protegem contra doenças gastrointestinais.

Amamentar o seu bebê:

  • Ajuda a fortalecer os laços afetivos entre vocês.
  • Colabora para o crescimento adequado da mandíbula e dos músculos faciais dele.

Atividade: Amor nutritivo

  • Toque pele a pele

Um dos “conselhos de antigamente” que tem caído por água abaixo é deixar de pegar o bebê no colo quando ele está chorando, com a justificativa de que ele ficaria mimado. Isso, na verdade, é um mito, já que a responsividade é superimportante e pode determinar as habilidades sociais futuras, o estilo de apego e o bem-estar emocional do seu filho.

Por isso, mamãe, fica aqui o meu apelo: menos carrinho e cadeirinha, mais colo e toque pele a pele com o seu bebê!

Atividade: Sinais de afeto

  • Brincar com o seu filho (e dar tempo e espaço para o seu filho brincar)

Muitos pais têm menosprezado o valor das brincadeiras – sem perceber que são elas que constroem as bases para o desenvolvimento dos seus filhos em praticamente todas as áreas. Estes são apenas alguns dos benefícios das brincadeiras para as crianças:

  • Estimulam o aprendizado e as ajudam a reconhecer e trabalhar suas emoções enquanto aprendem sobre o mundo.
  • Oferecem uma oportunidade para desenvolver uma conexão com os próprios interesses.
  • Ajudam a fazer amigos e conviver com outras pessoas.
  • Ensinam a seguir regras, tomar decisões, resolver problemas e ter autocontrole.
  • São fonte de felicidade.

 Atividade: Hora de dançar!

No Kinedu, você encontra uma porção de artigos sobre práticas parentais e centenas de atividades para estimular o desenvolvimento do seu bebê!

Você também pode se interessar por:

Teoria do Apego: o que é e como se relaciona com o desenvolvimento do bebê.

Ansiedade de Separação: brincadeiras que ajudam o seu bebê nesta fase!

3 brincadeiras para estimular o desenvolvimento do bebê.

Deixa nos comentários se você tem praticado esses cuidados com o seu bebê e se tem mais alguma coisa que nós, mamães, não podemos deixar de lado na criação dos nossos filhos. Adoro trocar dicas!

Beijos com amor,

Ju e Kinedu Brasil

publicidade