3 Dicas Para Hora da Crise Existencial

29/03
Já se deparou com aquela fase de ‘ó vida ó céus’?! Parece que tudo irrita ou chateia, as emoções também não ajudam, tudo fica a flor da pele?! Você quer sumir?! É, isso pode ser mais uma crise existencial e eu te entendo. Por isso fiz um post com 3 Dicas valiosas pra você fazer dessa crise um momento produtivo, confia, você vai ver como tem jeito!

3 DICAS PARA A HORA DA CRISE EXISTENCIAL

 
Eu sei que nessas horas a gente, geralmente, não sente vontade de fazer nada. Falta de motivação?! Aham. Mas é importante que você tenha algumas atitudes bem simples, que vão te tirar dessa e ainda trarão algumas respostas que talvez você venha buscando nos últimos tempos. Se você permanece nessa inércia da crise existencial, dificilmente a nuvenzinha que paira acima da sua cabeça vai sair daí. A única pessoa que pode mudar esse cenário é você, se permitindo e seguindo essas dicas poderosas que estão aqui abaixo.
 
DICA 1: QUESTIONE
 
Uma das perguntas mais efetivas da vida, da psicologia e de muitas áreas comportamentais é bem simples. Por que?! Agora você pode, sempre que precisar, usar essa mesma perguntinha para seu eu interior. Por que me sinto assim? Entenda que muitas vezes as respostas vem e, por mais estranhas que pareçam, elas te dizem muito sobre lados de nós mesmos que as vezes não queremos enxergar. Continue se questionando… Vá até a raiz do problema, não tenha medo da resposta, é ela quem vai te libertar. Algo que funciona muito bem comigo é anotar tudo o que vem na cabeça quando faço o exercício do ‘Por Que?’. Anote palavras, frases, do jeito que vier. Elas podem ser ótimos parâmetros daquilo que você precisa saber para achar a raiz da questão. Toda reflexão é uma oportunidade de voltar sua atenção para si mesmo, isso leva ao autoconhecimento, uma das ferramentas de desenvolvimento pessoal/emocional mais fantásticas! Quanto mais autoconhecimento, mas você faz florecer outras evoluções essenciais como o autoamor, autosatisfação, fundamentais para uma vida mais equilibrada e plena. Uma vez que tenha se permitido um esvaziamento daquilo que estava pesando, tenha transferido isso da sua cabeça e do seu coração pra o papel, você pode amassar, rasgar, jogar fora. A resposta você já terá!
 
DICA 2: ASSUMA O CONTROLE
 
Minha família me irrita, meu namorado me chateia, minhas tarefas me estressam. É mesmo?! Já se deparou tendo esses pensamentos? Até quando você quer ser vítima de tudo e de todos? Viver uma vida escrava e vulnerável aos outros e aquilo que está a sua volta nunca foi uma fórmula de sucesso, muito menos de felicidade. Assumir o controle é um caminho para se libertar dessa escravidão e, se você não cuidar, a crise existencial vai te consumir até se transformar num estado quase que permanente. Você pode quebrar esse estado! Simplesmente assumindo o controle das suas reações. Basicamente nada, nem ninguém, é capaz de te irritar, estressar, magoar… Nós é que reagimos assim. Quando você entende essa questão, traz a responsabilidade para si mesmo e deixa de se vitimizar. Você acabou de assumir as rédeas da sua própria vida e então entende que fulano não te chateia, você que se chateia com ele. Você deu esse significado, você reagiu com essa emoção. Você é quem escolhe como reagir. A partir de agora, respire fundo, conte até cem se for preciso, novamente se questione, como eu quero reagir a isso? Não seja vítima da sua crise, faça dela algo passageiro, a partir do momento em que você assume o controle e decide reagir a isso tudo de uma forma diferente! Muitas vezes a gente culpa ao mundo e aos outros pelas nossa crises, mas só nós somos os responsáveis pelas nossas emoções. Deixar de ser vítima é ter muito mais inteligência emocional para lidar com os desafios. Esteja no comando, lidere suas emoções e chegue onde quiser na sua vida!
 
DICA 3: APROVEITE OS INSIGHTS
 
Já que você está no meio de uma crise existencial que, na verdade, a essa altura já tá é passando… Que tal usar isso a favor de si mesmo?! Na minha opinião, a crise nem é algo negativo, ela nada mais é do que um indicador, é a manifestação de que algo precisa mudar. É sua mente, seu coração, até seu corpo, todos sinalizando que algo não está 100% aí no seu mundo. Se você está na rua e percebe que errou o caminho, você não procura informação para acertar a rota?! O mesmo acontece com sua vida. Nessas horas a gente tem uma grande oportunidade de ajustar a rota do nosso caminho, seja profissional, espiritual, amoroso. Sua crise pode ser uma ótima bússola, indicando um novo norte, indicando que será necessário mudar algumas ideias, crenças e atitudes. É um momento muito importante de olhar pra dentro, todas suas respostas estão dentro de você. Que tal dar mais atenção para a pessoa mais importante da sua vida?! Quem?! Você! Mais uma vez você estará trabalhando seu autoconhecimento e adquirindo uma nova leveza, uma vida repleta de satisfação!
 
Entenda seus próprios sinais, mantenha-se conectado com seu eu interior, receba suas respostas e novos direcionamentos! Não tenha medo de mudar, para ter mais felicidade, mais plenitude, melhores resultados, é necessário mudar uma coisa aqui, uma coisa ali. Mudanças podem ser muito positivas! Acredite nesse poder de se reinventar.
 
Todas as ‘crises existenciais’ que já tive, no fim das contas e da nuvem que tinha em cima da minha cabeça, me deram grandes ideias sobre mim mesma e meus novos caminhos. Me serviram como uma revelação de extrema importância!
 
Espero que aproveite cada dica feita com muito carinho! Estou aqui para ajudar 🙂
 
VEJA MAIS CONTEÚDO SOBRE COMPORTAMENTO: 5 Dicas para Ser Mais Feliz e Exercício da Gratidão
 
Beijos com amor,
 
Ju