5 COISAS QUE APRENDI COM O MINIMALISMO

19/09

O que aprendi com o minimalismo? Ao longo de 1 ano, vim conhecendo melhor o que é o minimalismo, descobri também o essencialismo e adaptei alguns ensinamentos à minha vida. Te conto tudo sobre nesse vídeo que preparei com muito carinho!

Vejo muito se falando sobre minimalismo hoje em dia e muito sendo distorcido ou interpretado de forma rasa. Alguns acham que é sobre ter o mínimo de coisas possível, focando em quantidade; outros pensam mais em relação a moda e decoração, em leituras neutras e clean; há quem vá além e aplique isso ao estilo de vida, sobre o que consome, o que acumula e o que realmente é necessário. E aí sim, nesse último quesito, entra a minha história com o minimalismo.

Não me considero uma pessoa minimalista, nunca gostei de rotulos, gosto mesmo é de criar minha realidade diante do meu contexto. Pensando assim, foi absorvendo diversos conceitos que funcionaram pra mim e deixaram minha vida mais leve. E sobre cada um desses insights eu falo ao longo do vídeo!

VEJA O VÍDEO COMPLETO

COISAS QUE APRENDI COM O MINIMALISMO

  1. Não é receita de bolo – não é só sobre estilo, decoração, moda ou quantidade. É a busca e a prática do essencial para cada um.
  2. É repensar não só aquilo que consumimos, como pensamos e fazemos. Quanto de lixo tem no seu e-mail, quantas tarefas você acumulou da semana passada, quando de lixo você descarta. Pensar nos excessos que deixam sua vida menos produtiva ou leve.
  3. É acordar da matrix, você vive menos em modo automático e suas escolhas são mais conscientes. Hoje eu me pergunto: preciso disso? porque preciso disso? por quanto tempo isso me será útil?!
  4. É viver mais leve, com menos acúmulo de coisas, tarefas e pensamentos negativos você se torna mais presente e aprecia melhor as coisas boas a sua volta.
  5. Pela primeira vez eu sei meu estilo de verdade, conheço meus hábitos de consumo de verdade e sei aquilo que faz sentido pra mim. É como ter ampliado meu autoconhecimento também!

Dentro de uma mudança de vida, é muito importante saber quais são seus objetivos, suas prioridades e aquilo que funciona para você. Costumo bater nessa tecla sobre a importância de colocar aquilo que é importante para você como um ponto de partida e depois você consegue traçar melhor cada passo que vai dar. Nem sempre a gente realmente sabe quais passos precisam ser dados. Por isso eu acredito que seguir aos poucos, ir testando, se conhecendo, sentindo resultados é de grande ajuda diante de qualquer transformação. No fundo é mais sobre absorver aquilo que funciona pra você, no seu próprio tempo, sem neurose.

Se você deseja uma mudança na sua vida, não tenha medo! Vá aos poucos, respeitando seu tempo, vá buscar novas inspirações e lembre sempre de adaptar à sua realidade, do seu jeitinho. Assim você realmente passa a se conhecer melhor, fazer aquilo que funciona de verdade para você. Eu tenho a alegria de viver isso hoje e espero que você possa sempre se alinhar cada vez mais com aquilo que busca e acredita!

VEJA POSTS QUE VOCÊ PODE GOSTAR

Mala de Viagem Minimalista

Diário da Gravidez | 24 Semanas

Beijos com amor,

Ju