7 dicas para mães de recém-nascido

22/01

Ser mãe é ter um sonho realizado, mas um bebê recém-nascido exige muitos cuidados além de muito amor. Separamos algumas dicas para te ajudar!

 

Como me preparei para cuidar de um bebê recém-nascido? 

Se você está gravidinha ou já está com o seu pacotinho de amor no colo, tenho certeza que muitos questionamentos e dúvidas passam pela sua cabeça. Eu mesma quando estava grávida da Anne Liv, me questionava sobre os cuidados e necessidades dela como bebê ainda na barriga e também pensava em como ser uma mãe completa depois do nascimento.

O Kinedu foi essencial nessa jornada e está comigo até hoje, nossa parceria está crescendo junto com a pituca. Minhas dúvidas foram esclarecidas e obtive muito conhecimento lendo os artigos ainda no período da gravidez. E hoje, vamos compartilhar com vocês dicas preciosas para você quem é mãe de recém-nascido.

Você já conhece o Kinedu? Me conta da sua experiência com esse aplicativo de desenvolvimento dos bebês. Se você ainda não conhece, clique no link para baixar e experimentar.

Clique AQUI e baixe o Kinedu GRÁTIS para iPhone ou Android!

Até quando um bebê é considerado recém-nascido?

Antes das dicas, vamos esclarecer a idade de um recém-nascido. Você sabe até quando um bebê é considerado um recém-nascido (RN)? A idade de um bebê recém-nascido vai até o 28º dia após o nascimento. Esse período pode parecer curtinho, mas é super importante para o desenvolvimento dos pitucos.

Nessa fase os questionamentos estão mais latentes e se misturam com a emoção da maternidade. Confesso pra vocês que foi um desafio e tanto me habituar e entender que do meu jeito, eu daria conta sim de ser mãe. Mesmo estudando e buscando informação, eu precisei lidar com uma mega cobrança interna. Os desafios permanecem até hoje, minha gente! Mas agora com outras fases da pituca.

7 dicas para mães de recém-nascidos

1- Crie uma rotina com o seu bebê

Pode parecer balela, mas faz toda diferença ter uma rotina para habituar o seu bebê a fazer as mesmas coisas, todos os dias no mesmo horário. Além de trazer mais segurança para o recém-nascido começar a compreender como é a vida fora do útero, isso vai ajudar na sua rotina como mãe também.

Ter uma rotina me ajudou com a segurança de ser mãe e com o rodízio em casa com o papai e com a minha rede de apoio. A rotina é boa para todo mundo e deixa tudo mais fluído.

2- Converse com o seu bebê

Eu imagino que você gravidinha já converse com o seu bebê, isso faz toda diferença no desenvolvimento dele e na relação dele com o mundo e com as pessoas. Já falei pra vocês do quanto eu falava com a Anne Liv na barriga, não é? Passava horas descrevendo o mundo aqui fora!

Conversar com o seu bebê vai auxiliar no desenvolvimento da fala no futuro, além de ser a base para que ele compreenda a linguagem humana e descubra suas habilidades linguísticas. Falem muitooooo com os bebês ainda na barriga e com os recém-nascidos mais ainda. Gesticulem e articulem a fala, devagar e sempre!

3- Coloque o recém-nascido para dormir de barriga pra cima

A forma mais segura para o bebê ficar e dormir é a posição de barriga pra cima. Confesso que eu descobri isso depois, porque eu colocava a Anne Liv pra dormir de lado, deu tudo certo, mas essa posição é a recomendada para evitar que o recém-nascido tenha morte súbita.

Evite deixar o recém-nascido exposto com muito objetos e cobertores é uma dica casada, porque se algo cair sobre o rosto do bebê ou se ele puxar algum cobertor, ele não vai saber tirar do rostinho e pode se sufocar.

A Anne Liv ficava num “Moisés” bem pequeno, sem nada! Quando estava frio, colocava uma roupinha mais grossa, mas não usava travesseiro e nem mantas. Bem depois, quando ela estava maior que usei.

4- Segure a cabeça do bebê recém-nascido

A hora de segurar o bebê é super importante, geralmente as pessoas ficam com medo, mas é só segurar direitinho a cabeça do bebê.  Isso porque nessa fase inicial, o recém-nascido é “molinho” e ainda não tem força muscular para segurar e manter a cabeça firme.

No Kinedu tem atividades bem legais sobre essa fase com um material incrível para mamães, papais e para rede de apoio também.

Clique AQUI e baixe o Kinedu GRÁTIS para iPhone ou Android!

5- Banho de esponja

Até que o coto do cordão umbilical caia, o que geralmente leva de 2 a 4 semanas para acontecer, os banhos do bebê serão de esponja. No Kinedu, você também encontra o passo a passo dos primeiros banhos nessa fase do recém-nascido. Tenho certeza de que vai facilitar a sua vida, porque nos ajudou muito aqui em casa, principalmente para pais de primeira viagem como eu e o Crica.

6- Teste os reflexos do seu bebê recém-nascido

Existem vários tipos de reflexo e geralmente alguns testes são feitos pelo pediatra, mas tem testes de reflexo que você pode fazer em casa, sabia disso? Os testes de reflexo ajudam a gente a saber se o desenvolvimento neurológico do recém-nascido está saudável. Alguns testes estão disponíveis com tutorial em vídeo no Kinedu, são super fáceis e simples de fazer.

7- Se possível, amamente!

Eu consegui amamentar a Anne Liv nesses dois anos, agora estamos passando por um processo de desmame, inclusive se vocês quiserem vídeo sobre isso, deixem sugestões nos comentários.

E logo de cara quero desmitificar essa ideia de que existe leite fraco. O nosso leite materno tem todos os nutrientes que o nosso bebê precisa. Amamentar ajuda em uma série de questões, entre elas: o desenvolvimento do sistema imunológico, o bebê que mama estimula a produção de leite, mamar é um momento de vínculo entre mãe e filho, a amamentação acalma o bebê.

O ato de amamentar é composto por uma série de fatores e eu sei que algumas mães não conseguem amamentar e tudo bem, não precisamos nos cobrar tanto e ter isso como uma ditadura da maternidade. Se você é mãe e está com dificuldade, peça ajuda!

Se estiver com dores pra amamentar, tente corrigir “a pega” colocando o dedo mindinho no canto da boca do bebê. Ele tem que abocanhar a aréola toda, e não só o mamilo. O certo é que você não sofra, a amamentação pode ser um momento lindo entre mamãe e bebê, ainda no início seja delicado como foi pra mim e pra Anne Liv.

Espero que essas dicas tenham te ajudado, desejo de verdade que a informação passada aqui no blog e no canal sejam o ponto de partida para que outras mães encontrem segurança e conhecimento.

Fico honrada e grata de abrir esse espaço para que outras mães possam compartilhar suas vivências e até pra desabafar, porque a maternidade não é só flores, eu sei e nós precisamos de apoio nos momentos delicados.

Conheça o Kinedu

O Kinedu é um aplicativo gratuito, que foi criado para ajudar os pais a impulsionarem o desenvolvimento de seus filhos. Gratuitamente, você pode visualizar até 3 atividades por semana. Você também pode fazer uma assinatura (que eu tenho e recomendo muuuito!), que dá acesso ilimitado às atividades e artigos, além de permitir que você acompanhe o progresso do seu bebê e compartilhe tudo com a sua rede de apoio.

Uma coisa muito legal é que você pode testar a experiência como assinante por 7 dias grátis. Experimenta com o seu bebê, vale super a pena!

Clique AQUI e baixe o Kinedu com 7 dias de teste GRÁTIS!

Baixe, experimente e depois me conta o que achou! Tenho certeza que você vai ver cada experiência do seu pituco com outros olhos ao entender como pequenas coisas tem impacto na vida e no desenvolvimento dos bebês.

VEJA OUTROS POSTS QUE VOCÊ POSSA SE INTERESSAR

Aleitamento materno: 7 dicas preciosas

8 ATIVIDADES PARA RECÉM-NASCIDO

Como cuidar de um bebê?

Beijos com amor,

Ju e Kinedu

publicidade