AMAMENTAÇÃO: Esclarecendo as 3 maiores dúvidas das mães

24/04

Se você é mãe de primeira viagem ou está prestes a dar à luz, é natural que tenha uma porção de dúvidas sobre a amamentação. Tá tudo bem! Entendo que tudo que é novo traz uma série de preocupações, ainda mais quando o assunto é um serzinho que depende totalmente da gente.

Pouco antes da Anne Liv nascer, eu comecei a usar um aplicativo chamado Kinedu que, na época, eu usava em inglês – mas hoje está presente no Brasil, com conteúdo 100% em português! O Kinedu tem a proposta de transformar momentos do cotidiano em impulsionadores do desenvolvimento dos nossos bebês, mas ele vai além disso: o app tira todas as minhas dúvidas com artigos embasados cientificamente, pois tem parceria em estudos e pesquisas das universidades mais renomadas do mundo!<

Clique AQUI e baixe o Kinedu grátis para iPhone e Android!

Ter acesso à informação de qualidade me trouxe muito mais tranquilidade em relação à maternidade, e essa tranquilidade é refletida, inclusive, na minha produção de leite – já que o stress é um dos principais fatores que atrapalha a amamentação.

Pensando na minha jornada como mãe, resolvi trazer pra vocês as principais dúvidas que tive quando comecei a amamentar e as respostas que encontrei para os meus questionamentos no Kinedu:

1.Amamentar dói?

Sentir dor é algo comum nos primeiros dias, mas a dor diminui quando você encontra a posição certa para o seu bebê e os mamilos se adaptam, ficando menos sensíveis à dor. Geralmente, o corpo leva de 2 a 3 semanas para “se ajustar”.

2.Por quanto tempo eu devo amamentar meu bebê?

A Sociedade Brasileira de Pediatria (SBP) e a Organização Mundial da Saúde (OMS) recomendam seis meses de alimentação exclusiva com leite materno e, depois disso, complementar a amamentação com alimentos até os dois anos de idade ou mais. Mas, no fim das contas, você é quem decide: tudo depende das suas circunstâncias pessoais e de como você se sentir. Vale conversar com o seu médico sobre este assunto.

3.Como faço para aumentar minha produção de leite?

Além de tentar relaxar tanto quanto for possível, você pode seguir estas dicas:

  • Pegue seu bebê no colo – o contato da sua pele com a dele ajuda a liberar prolactina e ocitocina, hormônios que ajudam na descida do leite.

Atividade: Amor nutritivo

Esta atividade do Kinedu traz esse contato pele a pele e promove um momento de proximidade e de construção de fortes laços entre a mãe e o bebê.

Baixe o Kinedu para iPhone e Android e veja o vídeo da atividade agora mesmo!

  • Aplique uma toalha úmida e morna no peito alguns minutos antes de amamentar.
  • Procure uma posição para amamentar que seja confortável tanto para você quanto para o seu bebê.
  • Tente amamentar a cada 2 ou 3 horas durante o dia nos primeiros meses – a produção de leite materno obedece às regras de oferta e demanda: quanto mais você amamenta, mais leite produz.
  • Beba muita água para se manter hidratada.
  • Descanse sempre que puder e coma bem. O cansaço e uma dieta pobre podem interferir na produção de leite.

O Kinedu é gratuito, mas tem também uma versão premium, que dá acesso ao catálogo completo de artigos e atividades em vídeo, além de permitir que a família toda baixe o aplicativo. O legal é que você pode testar a versão premium por 7 dias sem custo, pra conhecer melhor o app, ler vários artigos e experimentar as atividades.

Clique AQUI e baixe o Kinedu grátis para iPhone e Android!

Você também pode se interessar por:

3 práticas incríveis para a hora da amamentação

O que toda mãe de primeira viagem precisa saber

3 cuidados que você pode estar deixando de lado na criação do seu filho

Você tem outras dúvidas sobre amamentação? Deixa nos comentários, quem sabe eu preparo um post com mais dúvidas das mamães sobre este tema!

Beijos com amor,

Ju e Kinedu

publicidade