APARELHO FIXO, ORTOLIGÁVEL, BRUXISMO | Veda #25

25/04

Desde que coloquei aparelho nos dentes – novamente – muitas perguntas surgiram e gravei esse vídeo contando sobre a experiência, sobre o bruxismo e o tratamento que comecei na Ortoligável, com o Dr. Claudio Figueiredo.

Já usei aparelho fixo umas 3 vezes, dos 9 aos 11, depois aos 18 na arcada inferior, até que com uns 28 uma dentista disse que eu não precisaria mais da contensão nos dentes de baixo e entortou tudo de novo, eu fiquei muito muito decepcionada na época com a postura dela e por ter praticamente perdido todo o tempo de um tratamento, tempo e dinheiro. De lá pra cá, usei aparelho ortopédico para os dentes, mas era um método esteticamente feio, minha fala ficava comprometida e parecia demorou tanto para começar a dar resultado que desisti.

Há um ano mais ou menos eu até coloquei aparelho fixo de porcelana nos dentes inferiores, mas era passar um dia com ele e algum braquete quebrava. Toda hora tinha que ir no consultório apertar, fazer manutenção e isso não funciona muito bem pra mim que, estou sempre viajando. Até que eu comecei a passar diariamente na frente da clínica Ortoligável aqui em Santos e me lembrei do Dr. Claudio, ele é bem reconhecido nessa área, autor de vários livros e o entrevistei algumas vezes quando trabalhava na tv. Entrei lá, marquei uma consulta, no mesmo dia eles já me atenderam, viram meu caso, fizeram a documentação lá mesmo, ou seja, tudo muito eficiente.

A melhor notícia foi saber que o sistema que eles usam lá, o autoligável, é menos dolorido, mais rápido e as manutenções acontecem esporadicamente, às vezes só a cada 2 meses, dependendo do caso. Isso me facilitaria demais, essa não dependência de estar sempre indo em consultas e tudo mais. Além de ser um aparelho extremamente estético, dependendo você nem nota, ele é mais higiênico também, porque não tem borrachinhas, arames, etc… o fio, que é teromativado pelo calor da boca, tem encaixe diretamente no braquete.

VEJA TODOS OS DETALHES NO VÍDEO

Não existem restrições alimentares, você pode beber o que quiser, comer – com cuidado e bom senso, claro – então isso também ajuda demais na adaptação e na permanência com o aparelho. Realmente a experiência com dor é outra, só senti um pouco de dor nos 3 primeiros dias mesmo e o incômodo dos braquetes arrastando nos lábios, mas depois passou e senti que me adaptei. Sobre a higienização, é bem possível adaptar alguns cuidados, como a escovinha para limpeza dos braquetes, o fio dental apropriado para aparelho fixo, coisas que não dão lá muito trabalho e logo já viram rotina.

Algumas pessoas perguntaram sobre o bruxismo, o aparelho nesse caso não tem a ver com o bruxismo. Mas desde que coloquei o botox para bruxismo, já passou o efeito, etc… não senti necessidade de reaplicar, na verdade, não quis, para poder entender como eu estava de verdade. Porque a toxina botulínica faz o músculo paralisar de certa forma e eu queria também testar outros tratamentos, testar a meditação e o yoga como práticas que reduzem os níveis de estresse e realmente, consegui pelo meu estilo de vida, melhorar essa questão! Hoje em dia, a quiropraxia também me ajuda e em breve vou gravar uma sessão sobre esse tratamento para o bruxismo!

Pois bem, serão mais ou menos 4 meses de aparelho em cima e um ano de aparelho embaixo, vou compartilhando a experiência com vocês e caso tenham dúvidas, deixem aqui nos comentários =)

CONTATOS ORTOLIGÁVEL

www.ortoligável.odo.br

Dr. Claudio Figueiredo

Em Santos – (13) 3222-6543

[email protected]

VEJA MAIS VÍDEOS DO VEDA

Recebidos da Semana + Desapegos 4

Cinema em Casa, Banheiro e Novidades no Ape CricaJu

Beijos com amor,

Ju