COMO COMEÇAR A INTRODUÇÃO ALIMENTAR DO BEBÊ?

20/09

Como anda nossa experiência com a Introdução Alimentar? Vamos te contar como foram esses quase 3 meses, as táticas que deram certo, os momentos mais desafiadores e mais dicas a convite do Kinedu Brasil!

Começamos a introduzir os alimentos sólidos na alimentação da Liliu por aqui aos 6 meses. Anne Liv já sentava bem, o que era um dos marcos que consideramos importante para dar esse passo. Fomos seguindo orientações da nossa pediatra, também tivemos uma consulta com nutricionista, já que aqui em casa seguimos uma alimentação à base de plantas, exclusivamente vegetal. Sentimos que seria bom ter um direcionamento profissional para que as refeições dela fossem nutricionalmente balanceadas.

O Kinedu, aplicativo de atividades para bebês, nosso parceiro quando falamos de desenvolvimento, tem muito conteúdo para essa fase também. Por lá conseguimos ter ideias, dicas e até sugestões de receita! Todo repertório e informação de qualidade ajuda e muito quando estamos vivendo uma nova fase, né?! E aqui a gente sempre busca se informar, vivenciar e ir compartilhando tudo isso com vocês.

Iniciamos com as frutinhas, no período da manhã, foi um momento que funcionava mais pra rotina da nossa casa. Anne Liv acorda feliz e animada, então isso ajudou no sentido de ela estar mais receptiva. Conforme ela foi aprendendo a engolir, já que no início os bebês podem ter o reflexo de cuspir ou até parecem que vai vomitar rs, fomos dando outros passos. Uma vez que ela já engolia e já conhecia uma boa quantidade de frutas, passamos a dar também à tarde. Depois começamos a dar legumes e vegetais, os alimentos salgados no almoço. E mais tarde, conforme ela ia se adaptando e recebendo bem a comida, começamos a dar o jantar também.

Uma coisa que decidimos levar em consideração foi a tranquilidade. Sem pressa, respeitando o tempo dela, um alimento se cada vez. Isso a ajudou a conhecer cada sabor de uma vez, as texturas e até diferentes preparos dos alimentos. Por exemplo, demos a banana de varias formas, amassada, em pedacinhos e agora ela adora comer direto da fruta com nossa ajuda. A batata, cenoura, amassada, ralada, em pedaços. Assim ela tinha diferentes experiências, mesmo com a temperatura. Nem sempre oferecíamos o alimento quente ou muito molhado, sabe?! Assim evitamos que ela se apegue a somente uma forma de comer e ampliamos nossas possibilidades. Sobre o método de introdução alimentar, fomos combinando de forma participativa. Oferecíamos o alimento na colher e dávamos também um pedaço na mão dela. Assim ela poderia era uma experiência sensorial mais completa e até mesmo desenvolver a coordenação motora fina. Percebi que desde o início da IA ela desenvolveu muito mais rápido o movimento de pinça, um marco super importante, que da a ela mais autonomia até para comer. Assim ela consegue pegar pedacinhos de alimentos com facilidade!

Só depois de uns 2 meses, quando sentimos que ela já estava se alimentando bem, receptiva aos alimentos e adaptada a essa rotina, que começamos a misturar os alimentos e fazer refeições combinando os grupos alimentares. Então no começo ela comia apenas um legume ou vegetal no almoço ou jantar, agora já combinamos eles. Batata com brócolis, por exemplo… e agora vamos iniciar com feijão, ervilha, lentilha, grão de bico, que seriam fontes de proteína vegetal, junto com um legume, um carboidrato. Por exemplo, arroz, feijão e cenoura.

Um ambiente tranquilo, sem barulhos ou interferências ajuda e muito! Os bebês tendem a se distrair e aí a gente fica a ver navios rs. Na viagem vocês viram que fomos adaptando tudo conforme dava. Tinha vezes em que não havia um cadeirão, então dávamos a comida no carrinho ou até com ela sentada no chão ou no nosso colo. Funcionou! Naquela época ainda estávamos somente nas frutas e começando os legumes e vegetais, então foi tranquilo. Ficávamos mais na casa da nossa família, o que ajudava por ter uma cozinha por perto!

E os alimentos preferidos por aqui são abacate ou avocado, banana, cenoura, mandioquinha! Estamos descobrindo tudo isso junto com vocês e felizes em poder compartilhar esses momentos ❤

Você já conhece o Kinedu? É um aplicativo focado no desenvolvimento dos bebês, cheio de atividades em vídeo e artigos elaborados por profissionais. Todo conteúdo é pensado para ajudar a nós, papais e familiares a termos repertório e ideias para estimular nossos bebês nessa fase da primeira infância!

Baixe o Kinedu –> https://smart.link/5b9bff862fbd1

Beijos com amor,

Ju e Liliu