CORONAVÍRUS: GRAVIDEZ, MATERNIDADE, CRIANÇAS

11/04

Segundo episódio da série sobre CORONAVÍRUS no ar! Vamos falar sobre os cuidados com a gravidez, dar dicas de maternidade e saúde das crianças!

Coronavírus: Gravidez, maternidade e crianças

Durante esse momento de pandemia, muita gente está preocupada com a saúde, principalmente as gestantes e nós mães. Recebi uma série de perguntas lá no meu Instagram e nesse episódio o Dr Bruno e Dra Thamyres vão responder e tirar nossas dúvidas mais uma vez!

Pergunta – Transmissão de coronavírus: estou gestante, me infectei, qual é o risco desse bebê contrair a doença?

Resposta Dr Bruno: O que nós temos de informação mais recente e que está sendo alertado pela OMS (Organização Mundial de Saúde) sobre gestantes com coronavírus é que as gestantes não tem potencial de transmitir ao feto, a placenta é uma barreira natural bem forte.

Em todas as pesquisas e estudos em que se testou um pouco do líquido da bolsa ou sangue do cordão, não foi encontrado coronavírus. Os estudos continuam, mas o que temos de mais concreto é que não complicação fetal como má formação ou risco de óbito fetal por conta do Coronavírus.

Pergunta – Grávida está no grupo de risco?

Resposta Dr Bruno: Atualizando o que o Ministério da Saúde disse em relação às gestantes, a literatura tem sido muito branda, o que isso quer dizer? Quer dizer que as gestantes tem sido colocadas como grupo de  vulneráveis pelas alterações imunológicas.

Até agora, em todos os trabalhos não haviam sido identificados fatores de risco, em todos os casos tinha tinha observado que as pessoas infectadas pelo coronavírus tanto grávidas quanto não grávidas tinham o mesmo desfecho.

Quero tranquilizar todas as gestantes de que na maioria dos países, elas são consideradas grupo de vulneráveis e não grupo de risco, continuamos acompanhando os estudos e acreditando que as gestantes com coronavírus tem o mesmo desfecho que as não grávidas também infectadas. Fiquem em paz!

Pergunta – O que acontece com a rotina do pré-natal? Quais cuidados devemos ter?

Resposta Dr Bruno: A opinião é unânime! Não deixem de fazer seus pré-natais! Nesse momento de bagunça na saúde, a última coisa que a gente quer é deixar de tratar uma doença que é previnível por deixar uma gestante longe do seu pré-natal.

Continuem fazendo o pré-natal! Continuem colhendo seus exames na rotina e no tempo correto! Lógico que é bom procurar laboratórios mais vazios, com menos fluxo de pessoas e se possível até com salas próprias para gestantes. Realizem seus ultrassons pra ver que está tudo bem na barriga e que o bebê está protegido!

Evitem pronto-socorros e estejam sempre em contato com o seu médico. É importante manter os cuidados para quem está fazendo e para quem vai iniciar o pré-natal. Devemos evitar aglomerações em pronto-socorros. Doenças continuarão existindo, além do coronavírus temos que continuar cuidando das nossas mulheres e gestantes de forma geral e ampla. Fiquem em paz e continuem mantendo todos os cuidados!

Pergunta – Se uma criança tem o contato com coronavírus e acaba infectada, o que acontece com a criança?

Resposta Dra Thamyres: As crianças não possuem grandes manifestações ou complicações de coronavírus e não estão na classificação de risco. Isso é comprovados com estudos e mostra que há realmente uma ligação com a imunidade! 

A criança possui uma imunidade diferente da nossa, é uma imunidade inicial enquanto a nossa é uma imunidade mais avançada em fase adulta. Apesar disso, as crianças podem ser um vetor de contaminação e transmissão.

Por conta disso, não é plausível liberar a criança pra ir à escola e voltar pra casa tendo contato com pessoas dos grupos de risco que são pessoas que podem apresentar uma manifestação mais grave da doença.

Pergunta – Quais cuidados devem ser tomados quando a mãe é infectada?

Resposta Dra Thamyres: Se a mãe está infectada deve proteger o filho para que ele não tenha contato. É importante fazer o uso da máscara sempre, sendo trocada a cada 2h e fazer o manuseio da máscara sempre acompanhada de lavagem das mãos.

A amamentação não precisa ser interrompida! Estudos já comprovaram que não chances de transmissão do vírus pelo aleitamento, além disso os benefícios do aleitamento são muito importantes para a saúde da mãe e do bebê, por isso não é relevante interromper a amamentação.

Pergunta – O que fazer em relação à vacinação das crianças?

Resposta Dra Thamyres: A Associação Brasileira de Pediatria preconiza que a vacinação continue sendo feita! Além do coronavírus que pode atingir as crianças com sintomas mais leves, temos uma série de outras doenças que podem atingir as crianças de forma muito mais grave.

Eu tenho orientado que se possível a vacinação seja feita de forma domiciliar ou que seja feita em horário agendado para que as pessoas saiam de casa sem ter tanto contato ou causem aglomerações.

Pergunta – O que eu faço com a minha rotina de exames de check up?

Resposta Dra Thamyres: Se seu médico havia pedido alguns exames de rotina sem grandes preocupações ou necessidade de efetuar algum diagnóstico, eu recomendo que tentem evitar.

Aguarde passar esse período mais intenso do coronavírus para realizar e se for algum exame necessário, recomendo tentar a coleta domiciliar ou agendar a coleta no local evitando aglomerações.

Gostou das informações sobre coronavírus? 

Esperamos de coração que essa série tenha te ajudado a tirar suas dúvidas e que tranquilize seu coração como tranquilizou o meu. Compartilhe esse conteúdo com as mamães, gestantes ou não e famílias que precisam porque nunca é demais reforçar informação.

VEJA OUTROS CONTEÚDOS QUE VOCÊ POSSA GOSTAR:

PANDEMIA: Saiba como se manter saudável!

VLOG QUARENTENA #1 | Cozinhando em Família

VLOG QUARENTENA #2 | A nossa rotina

Com amor,

Ju, Dr Bruno e Dra Thamyres