DIÁRIO DA MATERNIDADE #1 | Brinquedos sem gênero

20/09

Bora falar de um tema polêmico? Quero saber o que vocês acham dos brinquedos e brincadeiras sem gênero. Você incentiva seu filho a escolher suas brincadeiras e ser livre nessas práticas? Bora refletir sobre esse tema no primeiro Diário da Maternidade, uma nova série aqui do canal. 

Conversando com o Rani e a Lívia sobre a decoração do quarto da minha filha Anne Liv, surgiu um tema bem interessante que eu quero compartilhar com vocês! Você cria seus filhos sem segmentar brinquedos e brincadeiras por gênero?

COZINHA DE MADEIRA PRA BRINCAR

O quartinho da Liliu ficou pronto, e eu decidi que não vou colocar uma cômoda, vou otimizar o espaço no nosso armário para comportar tudo que ela tem lá! Então, surgiu um espaço que acabou ficando vazio, pensei em colocar aquelas cozinhas de madeira, sabe?

A Anne Liv está em uma fase que ela adora brincar de cozinhar, acho que a gente acabou estimulando bastante isso porque temos o hábito de incluir a Liliu nas atividades da casa, como cozinhar, limpar, organizar, lavar e tudo mais!

BRINCADEIRAS DE CRIANÇA

Me conta nos comentários o que seu filho mais gosta de brincar, e o que ele gostava de brincar nessa fase que a minha filha está vivendo, ela está atualmente com 2 aninhos de idade! Já faz algum tempo que ela pega os bonecos e bonecas e repete situações que nós fazemos com ela, coloca pra dormir, nina, canta, lê um livro, até coloca pra mamar rsrs. 

Em outros vídeos aqui no canal nós falamos sobre a importância dessas brincadeiras para o desenvolvimento socioafetivo da criança. Através das brincadeiras a gente consegue ensinar valores para eles.

Que valores você está ensinando para ele atualmente? Que ele não pode brincar com determinada brincadeira porque é coisa de menina? Que a sua filha não pode jogar bola porque é coisa de menino? Eles estão absorvendo tanta coisa, talvez seja a hora de mudar um pouco o nosso pensamento, de abrir a nossa cabeça para alguns temas. 

BRINQUEDO SEM GÊNERO

A criança pode brincar do que ela quiser! Eu lembro que uma vez fiquei muito chateada quando o meu pai não deixou eu comprar um brinquedo do Batman, isso me marcou demais, não sei se dentro do meu inconsciente me afetou de alguma forma, mas eu lembro perfeitamente que ele disse que era brinquedo de menino. 

Por aqui, talvez a gente siga com a cozinha de madeira no quarto dela, mas porque ela está em uma fase que ela curte brincar de cozinhar, então eu já consigo imaginar a felicidade dela brincando, sabe? E se o seu filho gostar de cozinhar porque vocês gostam de cozinhar em casa, que mal tem ele brincar de casinha, cuidar dos bonecos, cozinhar pra vocês de brincadeirinha!

Espero que vocês tenham gostado dessa reflexão, vamos tentar conversar sobre esse tema sem julgamentos, com o coração aberto, respeitando a opinião das outras pessoas e tentando aprender com outros pontos de vista. 

Deixa nos comentários que outros vídeos vocês querem ver aqui na série Diário da Maternidade! Pensamos em relembrar algumas fases que eu vivi, desde amamentação, puerpério, rotina de sono, assim da pra explorar um pouco da minha experiencia com a Liliu nesses quase dois anos!

VEJA POSTS QUE VOCÊ PODE GOSTAR

36 horas longe da Anne Liv + Entrevista importante

Desmame gentil: como e quando fazer

Resort all inclusive com bebê

Beijos com amor, 

Ju