DIAS EM RISHIKESH NA INDIA | Rotina, Hostel, Reencontros

920
08/03

Quer saber como era meu dia a dia na India, como é se hospedar em Hostel, conhecer mais Rishikesh? Chegou vídeo novo, para a gente dar continuidade aos vlogs da rotina de viagem e nossas andanças pelo mundo!

Rishikesh é um grande centro de estudos e espiritualidade na India, cidade famosa pelos Ashrams, mestres espirituais, berço do Yoga, dos estudos de Ayurveda e muito mais. Eu fui continuar minha busca, por espiritualidade e autoconhecimento, que na fase atual da minha vida, vem caminhando juntos.

O que é um Ashram?

Ashram quando você dá um google, aparece como uma comunidade espiritual guiada por um mestre ou guru. Nas minhas palavras, diria que é um lugar sagrado para estudos da espiritualidade, prática espiritual, desenvolvimento, autoconhecimento, tudo isso com a guiança de um líder ou mestre, muitas vezes chamado de guru. É uma tradição antiga na India que segue até os dias de hoje, atraindo pessoas do mundo todo, muitas vezes denominadas de buscadores. Alguns Ashrams são retiros, em que você se recolhe por um tempo e permanece durante um tempo, muitas vezes incluindo praticas de yoga, Seva (serviço desinteressado/voluntário), silêncio,  Satsangs (palestras do mestre).

Como era meu dia a dia no Ashram?

Eu sou seguidora do querido mestre Prem Baba, da linhagem Sachcha Baba e, apesar de Brasileiro, também tem seus trabalhos anualmente na India, no Sachcha Dham Ashram, onde estudava com seu mestre e se tornou sucessor dessa linhagem. Lá nós não ficamos em retiro, nos hospedamos de preferência do mesmo lado do rio, nos hotéis, pousadas ou albergues próximos. Fazemos visitas diárias para os Satsangs com o Prem Baba, ministrados em português com tradução ao inglês. Além disso há um cronograma diário de atividades complementares para quem desejar, como yoga, bajans (mantras), meditação, workshops e oficinas ligadas as áreas de estudo que o Baba desenvolve em seu trabalho. Também existem cursos com os facilitadores da Awaken Love, projeto paralelo de autoconhecimento, o mesmo que organizou o Retiro de Silêncio que fiz em dezembro no Brasil. Vale a pena ler mais sobre o trabalho da Awaken Love, pois tem um propósito de fazer despertar o amor e o desenvolvimento em cada pessoa, um lindo despertar que tenho a alegria de estar vivendo.

Quanto custa essa viagem?

Pretendo fazer um post com bastante detalhes sobre logística e custos, mas para aproveitar sua presença aqui já adianto uma média pelo menos de alimentação e hospedagem. Todos os dias a gente fazia as refeições em restaurantes que os amigos indicaram ou alguns que a gente resolvia testar. Tivemos ótimas experiências, os cardápios são bem vastos, inclusive com opções ocidentais para quem não curte comida indiana ou muito apimentada. Cada refeição variava entre R$10 e R$15, comendo bem (entrada + prato + suco/chá). Tem como ser mais barato que isso nos restaurantes indianos mais locais também! Nossos deslocamentos eram feitos a pé, uma média de 15 minutos de caminhada do Zostel, nosso albergue, o caminho é tranquilo, mesmo com vacas, carros, motos, pessoas… Rishikesh é uma cidade mais segura, mulheres podem andar sozinhas por lá, mas claro, é importante ter atenção e evitar passear sozinha de noite como em tantos outros lugares.

Ficar em Hostel?

Quando começamos a pesquisar pousadas, muitas estavam lotadas e muitas não tinham avaliações satisfatórias. O Zostel é uma rede de hostel bem forte na India toda e as recomendações eram muito boas, nos receberam muito bem, o Shashi, Veer e Deepak que trabalhavam lá eram pessoas muito gentis e solícitas. De fato foi uma boa escolha, tinhamos um quarto privado com banheiro, as áreas comuns eram legais, tinham atividades gratuitas diariamente e um restaurante anexo com preços ótimos que fazia room service também quando batia uma preguiça de sair no quarto. Foi até melhor se hospedar um pouco mais longe pelo sossego, as noites eram mais silenciosas, tinha menos bagunça em volta e ainda assim opções de lojinhas, mercadinhos, restaurantes ao lado. Nosso período todo lá de 15 dias saiu uma média de R$750 o total. Dividindo por dois, deu praticamente R$25 para cada uma por dia. Ano que vem tenho planos de ficar até mais tempo com o Crica!

VEJA TODOS OS DETALHES NO VÍDEO

Vocês viram a magia da vida e do destino, reencontros e encontros tão especiais, dias intensos de muita imersão e muitos aprendizados. Te digo que todos os dias tinham sua mágica, suas sincronicidades. Realmente é um lugar com uma energia muito forte, assistindo ao vídeo eu até me emociono… sei que ainda tenho muito a viver lá.

ZOSTEL (Rishikesh e principais cidades da India)

www.zostel.com

@zostel

www.facebook.com/Zostel

ALGUNS RESTAURANTES EM RISHIKESH

Oasis (Hotel Ishan)

The German Bakery (na escadaria da ponte Laxman jhula)

Pure Soul (orgânico mais arumadinho)

Lotus Cafe (vista linda e bom atendimento)

Ramanas Garden (restaurante do orfanato, maravilhoso e ajuda as criancinhas)

AWAKEN LOVE E SRI PREM BABA

www.awakenlove.global

www.sriprembaba.org

Espero que tenham gostado de embarcar comigo nesse momento tão especial! Me conta nos comentários o que você mais gostou ou se gostaria de saber mais sobre a experiência!

VEJA MAIS VÍDEOS RELACIONADOS

Preparativos de Viagem para India

Domingo Zen na India

Beijos com amor,

Ju