Momento Zen: Falando de ansiedade com Lívia Passarelli

27/01

A ansiedade pode se apresentar de várias formas. Em mais um episódio da nossa série Falando de Ansiedade, vou conversar com a Lívia, integrante da Equipe Lindeza e entender a visão dela sobre a ansiedade.

Antes de começar o nosso papo, quero falar pra você que lá no Zen nós temos bastante conteúdo que fala sobre ansiedade, desde os programas até meditações para te ajudar a aliviar os sintomas ou uma crise, se for o caso.

Clique AQUI para baixar o Zen grátis para iPhone ou Android!

Falando de ansiedade com Lívia Passarelli

No nosso papo eu fiz algumas perguntas pra Lívia sobre ansiedade, a primeira delas foi: Em que parte dos seus dias, você sente a ansiedade?

É importante falar aqui que nem todas as pessoas são ansiosas, pode ser que em alguns momentos você esteja ansiosa, mas não seja. Entende? A Lívia mesmo é uma pessoa que sente que tem dificuldade de identificar se é uma pessoa ansiosa ou se tem momentos de nervoso.

No período de recesso que tivemos agora no final de 2019, ela se sentiu agitada por estar fora da rotina de trabalho normal. Ela não se considera uma pessoa ansiosa, mas em algumas situações ela passa por momentos em que sente a ansiedade.

Clique AQUI para baixar o Zen grátis para iPhone ou Android!

É super importante identificar se esses momentos são super esporádicos ou se acontecem com frequência e o que esses momentos desencadeiam em você. Falando por mim, eu sempre achei que não tinha propriedade para falar sobre ansiedade, mas no final do ano passei por crises ao ponto de sentir taquicardia, tive noites de insônia e foi me observando que eu percebi que estava num processo de ansiedade que estava afligindo a minha saúde.

A Lívia percebeu que a ansiedade que ela sente depende muito da época ou de algo que foge da rotina como planejar uma viagem. É algo bom e bacana, mas que pode gerar alguma preocupação pelo cuidado que você tem e por querer que tudo dê certo.

Outro ponto é quando algo acontece com alguém que você gosta ou algum desentendimento no seu relacionamento, algo que demanda mais cuidado e traz uma ansiedade que nos faz ficar pensando em todas as variáveis de uma possível conversa.

Nossa mente é poderosa e cria muitas coisas, muitas vezes a gente fica pensando sempre algo ruim ou difícil de lidar, mas no final das contas, na realidade tudo dá certo e não é do jeito terrível que a gente costuma idealizar.

Você passa por isso ou algo parecido? Como você age quando as sensações da ansiedade se apresentam pra você? Me conta se você se identificou com algum desses pontos que nós colocamos aqui!

Clique AQUI para baixar o Zen grátis para iPhone ou Android!

É importante observar e saber que precisamos conversar, pedir ajuda. A ansiedade pode se apresentar de várias maneiras e geralmente nós buscamos sempre ajudar o outro, mas demoramos pra assumir quando a gente precisa de auxílio.

Falando de Ansiedade: Palavra da Terapeuta

A Amanda Schultz continua conosco nessa série enviou pra gente uma palavrinha sobre o contexto de ansiedade da Lívia.

Nas palavras dela, o tipo de ansiedade que a Lívia sente é normal e muita gente sente. É aquela ansiedade que ocorre com as pessoas por conta de uma entrevista de emprego, uma prova na escola, a espera por um resultado ou notícia. Esse tipo de ansiedade se apresenta porque a nossa mente tenta ajudar pensando em todas variáveis possíveis nos preparando para o que vier.

Os vários filmes que a nossa mente cria tomam nosso tempo e geram angústias que podem tirar a nossa paz. Nesse cenário, os “E se…” que criamos com hipóteses para nos ajudar, acabam nos atrapalhando e na maioria das vezes são desnecessários.

Para sair dos ciclos de “E se…”, precisamos trabalhar a autoconfiança, ou seja, tomar a decisão de que não importa o que aconteça, você vai usar tudo para aprender e para crescer. Assim você ficará muito mais forte!

Por mais que as coisas não aconteçam como você esperava, sempre haverá um aprendizado e uma oportunidade de segui em frente sendo uma pessoa ainda melhor! Portanto, quando a ansiedade estiver batendo, é importante antes de tudo perceber que está sofrendo por antecipação e em seguida ter um momento de pausa para fazer respirações profundas, mentalizando “Eu confio que tudo vai dar certo” e “Eu uso tudo ao meu favor”.

As afirmações podem ser sincronizadas com as respirações. Inspira mentalizando “Eu confio que tudo vai dar certo” e solte o ar mentalizando “Eu uso tudo ao meu favor”.

O processo pode seguir este fluxo: tomar consciência dos pensamentos precipitados, se acalmar com a respiração e trazer a atenção ao momento presente. Esta prática vai te trazer mais autoconfiança e vai afastar a ansiedade cada vez mais.

E aí, gostou? Te ajudou de alguma forma? Me conta!

Na semana que vem, o vídeo será com o Rani e vamos compartilhar mais uma maneira de sentir a ansiedade. Compartilhe com seus amigos que podem se identificar com esse conteúdo e até semana que vem.

Sobre o meu aplicativo: o Zen App

O meu app Zen está em mais de 150 países, temos conteúdos como meditações guiadas, trilhas de relaxamento entre outros programas que vão ter ajudar nessa caminhada de transformação. Toda semana nossa equipe lança conteúdo pra vocês. No Zen lançamos meditações guiadas, ferramentas para seu desenvolvimento, programas para insônia e ansiedade, em inglês português e espanhol. Além dos podcasts que estamos criando para contribuir ainda mais com a sua jornada. Te espero por lá, se você ainda não conhece o Zen, tem link aqui para baixar. Se você já conhece, deixa nos comentários o que você mais gosta e o que deseja ver por lá.

VEJA OUTROS POSTS QUE VOCÊ POSSA GOSTAR

Ansiedade: aprenda a detectar e lidar com ela!

MEDITAÇÃO PARA ANSIEDADE

Momento Zen: Uma carta de você, para você!

Com amor,

Ju