Itens não usados do enxoval do bebê

28/01

Será que mãe de segunda viagem erra enxoval? Aham! Neste vídeo eu compartilhei com vocês os itens não usados do enxoval do bebê, tanto o que usamos pouco ou que nem usamos mesmo porque foram um pouco fora de contexto no enxoval do Liam. Vamos direto ao ponto.

1.      Cadeira de balanço

Incrível que a Liliu usou bastante a cadeira e agora o Liam só usou durante o primeiro mês. Enquanto ele era recém-nascido e praticamente não se mexia, tudo certo, mas com o passar do tempo ele começou a chorar quando era colocado na cadeira. Nós usamos a cadeira que uma amiga nos emprestou e logo o objeto voltou para a loja de desapegos dela. Enfim, filhos são diferentes e nem tudo que deu certo com o primeiro dará com o segundo. Fica o aprendizado.

2.      Calças com pezinho

Quem acompanhou os preparativos de enxoval do Liam provavelmente se lembra que eu optei por mais calças com pezinho, porque na nossa primeira experiência foi o que deu mais certo. Porém, mais uma vez para provar que nem sempre as coisas se repetem, com o Liam não rolou. Ele mexe muito as perninhas e acabava enfiando as duas pernas numa só da calça. Os únicos modelos que não aconteciam isso eram os da HM, assim, todas as outras foram deixadas de lado e acabamos usando mais as calças sem pezinho.

3.      Roupas de manga longa – meia estação

Na minha inocência eu pensei que fosse usar mais roupas de manga longa nos primeiros meses, porque é a fase em que o bebê ainda não tem os processos de termorregulação desenvolvidos. Só que não. O Liam já veio com mais calor e transpirava muito, então acabamos não usando as roupas de manga longa e sentindo falta de mais roupas fresquinhas. Acabei comprando umas peças regatas e fininhas na Malu Bebê e tudo certo.

4.      Touca e Luva

Ainda considerando o calor do Liam, acredito que compramos mais toucas e luvas do que o necessário. Além de ser muito quente, ele também não se arranhava muito com as unhas e nem precisava das luvas. Creio que se tivéssemos apenas dois de cada seria o suficiente.

5.      Saída de maternidade

Esse é um item que só usamos para a saída oficial da maternidade. Por isso, se você é como eu e prefere investir em itens que serão mais bem aproveitados, opte por macacão de tricô para recém-nascido. São peças mais versáteis, ajustáveis e com preços mais acessíveis que acompanharão o bebê por um tempo.

6.      Babá eletrônica

Nestes três meses e meio usamos apenas uma vez. Com a Liliu não usamos e agora estamos trabalhando em casa e se torna um item dispensável agora, porque dá para ouvir ele da sala. Além disso, eu já tenho mais segurança e não preciso ficar olhando-o toda hora. Sei que tem quem use muito e está tudo bem, mas por aqui também não rolou.

7.      Fraldas tamanho P

A Liliu usou muito mas agora usamos o tamanho RN descartável. Depois usamos pouquíssimas tamanho P e agora já estamos no tamanho M. Eu gosto muito das frandas ecológicas reutilizáveis, mas por enquanto estamos usando as descartáveis, pela praticidade mesmo. Vamos esperar a introdução alimentar, que é quando o cocô fica mais durinho, para usar as fraldas reutilizáveis. Meu sonho é termos uma marca de fraldas biodegradáveis no Brasil.

8.      Almofada de amamentação

Inacreditável, mas como o Liam é um bebê maior e ainda tem um pouco de refluxo fisiológico, não é recomendado ficar muito horizontal na hora de mamar. Para ficar mais adequado retiramos a almofada de amamentação e eu uso mesmo ela para encostar no sofá, rs. Uma boa dica é usar um travesseiro como apoio para amamentar e nem precisar comprar esse item.

9.      Cômoda com trocador

Como vocês podem perceber, não temos cômoda com trocador! Trocamos ele na cama e não sentimos falta desse item. Os insumos para a troca deixamos no armário ao lado da cama e fica muito prático, então realmente não precisamos de um trocador e cômoda.

10. Cadeira de amamentação

Na época da Liliu eu tinha uma cadeira de balanço e eu nem usei muito. Eu acho muito mais prático amamentar onde eu estiver, que seja mais prático. Por mais que seja um momento de troca e precise de sossego, não funciona aqui ter uma cadeira só para isso.

Esses foram os itens não usados do enxoval do bebê. Espero que tenham gostado de saber da nossa experiência.

E me conta, você daí? Acertou tudo ou também teve umas escolhas furadas? O importante é seguirmos sem culpa e sem julgamentos, então, pode me contar que vou adorar saber.

Outros posts que você pode gostar:

Testando: fraldas ecológicas laváveis

Mala da maternidade da segunda gravidez

Beijos,

Ju