MALA DA MATERNIDADE DA SEGUNDA GRAVIDEZ

18/09

Segunda gravidez rende bons aprendizados, inclusive sobre a mala da maternidade! Adorei fazer esse post para vocês, com dicas baseadas na nossa experiência e detalhes do que estamos levando para chegada de Liam!

Mais uma vez, meu papel aqui não é ditar regras ou simplesmente te passar uma lista, até porque, listas na internet tem aos montes. Minha intenção ao mostrar o que estou levando é contextualizar o momento, para entender o que levar na mala da maternidade, de modo que você se sinta mais segura e que faça mais sentido para você.

Para começar

À princípio, é recomendado que a mala seja feita na 36ª semana, mas como na primeira gestação, estou fazendo na 37ª.

E para começar, se você vai dar à luz fora de casa, seja num hospital ou numa casa de parto, é importante entender o quão longe ou de difícil acesso é este local. Tudo isso porque, se for tão distante, de difícil acesso ou se você não consegue que alguém busque algo e leve para você num imprevisto, se torna relevante levar mais coisas para uma reserva.

O importante é faze o que vai te deixar mais tranquila, então se ouça, se entenda e monte a mala de acordo com o que faz sentido pra você.

Eu resgatei a lista de itens que usei na primeira gestação, que foi fornecida pela maternidade, e utilizei como referência. Fiz alguns ajustes dessa vez e estou levando alguns itens a menos. Mas isso considerando que eu moro perto do hospital e já deixei montados dois kits com trocas em um armário aqui em casa, se precisar, minha rede de apoio sabe onde pegar para levar até o hospital.

O que levar?

Essa é a lista de itens da mala da maternidade:

  • 6 Bodys com 6 calças (conjuntinho)
  • 6 Macacões abertos na frente (tipo kimono)
  • 3 pares de luvinhas
  • 6 pares de meias
  • 1 Cobertor antialérgico
  • 6 Paninhos de boca e fraldinhas de pano
  • 1 Toalha para banho da bebê
  • 1 Pacote de fraldas descartáveis
  • Alguns gorrinhos

Para o look do primeiro dia, a dica é separar: 1 macacão, 1 body, par de meias, par de luvas, mantinha e 3 fraldas descartáveis.

Mala da maternidade da segunda gravidez

No vídeo eu mostrei as malas da maternidade da segunda gravidez, que são do Atelier Jean et Marie e idênticas às da primeira, porque eu amo demais. Elas além de lindas são versáteis e duram muito.

Trocas principais

Dessa vez eu já organizei tudo, separado por trocas, para facilitar coloquei também as tags que identificam cada pacote. As bolsinhas são da Handy Couture, feitas por duas amigas minhas com todo carinho e tem uma qualidade inquestionável.

Pensando no que o bebê vai usar quando nascer, eu separei uma touca e par de luvinhas. Acredito que quando o bebê nasce é importante ter um tempo de contato pele a pele com a mãe, então para o pós-parto imediato não tem banho, o Liam vai ficar enroladinho ali comigo. A touca é para ajudar a aquecê-lo, já que o recém-nascido ainda não tem os processos de termorregulação bem desenvolvidos, e a luvinha para evitar que ele se arranhe com as unhas.

Num segundo momento, para usar depois do primeiro banho, deixei uma troca completa com touca, luvinhas, sapatinhos, um body e uma jardineira de tricô bem confortável por cima. Tem também uma toalha e a manta para embrulhar se precisar.

A segunda troca é bem parecida com a primeira, que é um tricô com o body e os acessórios.

Troquinhas extras

Para complementar, separei dois saquinhos de extras. O primeiro tem duas opções de troca, com um macacão comprido de pezinho, e um body de manga curta pra colocar embaixo do macacão.

Meias e calças com pezinhos reversíveis não funcionaram na nossa primeira experiência, elas ficam saindo ou repuxando e, definitivamente, não deu certo. Então optamos por peças que já vem com o pezinho e os macacões são os nossos melhores amigos.

Similarmente, o estilo de body que na nossa experiência foi mais prático é o kimono, que tem um formato simples, principalmente para os primeiros dias, e ao vestir evita manipular a cabeça do bebê.

No segundo saquinho tem quatro trocas, com conjuntinhos de body de manga longa com calças. Alguns desapegos, algumas peças novas, tem um que era da Liliu e guardei para o Liam usar. Assim, são essas as trocas que consideramos suficientes.

Saídas de maternidade na nossa experiência não conseguimos usar. Com três quilos e 49 centímetros a saída de maternidade ficou enorme na Anne Liv. As peças são geralmente muito grandes, então eu estou levando, mas já tenho a consciência que talvez não ele nem use.

Outros itens importantes

Saquinho de roupa suja, duas mantas, paninhos de boca, fraldas de tecido que são excelentes para forrar. Aproximadamente seis peças de cada. Ah, estou levando uma toalha reserva dessa vez, caso precise.

Tem ainda as coisas de higiene, um pacote de fraldas, algodão, espuma de limpeza para banho e creme preventivo de assaduras.

Lembrando que não é só a mala do bebê, é preciso preparar suas coisas e do seu(a) acompanhante também.

Então separei uma mochila do kit, também do Atelier Jean et Marie, que é fantástica para levar à mão e colocar minhas coisas básicas. Além disso, tem uma mala, tamanho de bordo, para levar minhas coisas e do Crica.

Espero que esse vídeo tenha te ajudado a entender o que faz mais sentido pra você e que você se sinta segura para montar sua mala da maternidade.

Vou deixar aqui o cupom de desconto do Atelier Jean et Marie

Cupom JUGOES para 10% de desconto – Válido até dezembro de 2020

E aqui o post da mala da primeira gestação:

Mala da maternidade | O que levar?

Beijos com amor,

Ju