Ansiedade: aprenda a detectar e lidar com ela!

20/01

Precisamos falar sobre ansiedade, afinal esse é um obstáculo na vida de quem sente e para gerar empatia, precisamos conhecer e entender do que se trata!

Convidei a Amanda Schultz, minha parceira e agregada do Zen, para uma série sobre ansiedade. A Amanda é terapeuta com foco em espiritualidade, graduada em Psicologia e realiza um trabalho incrível por meio de técnicas não-convencionais como: Apometria Quântica, Reiki e Thetahealing.

A ideia é desmitificar a ansiedade e tentar esclarecer o que permeia a vida de quem é tão afetado por esse transtorno. Vamos lá?

Ansiedade na infância

Gente, eu sei que tem crianças que são super agitadas e muitas vezes essa agitação e excesso de energia podem ser confundidos com a ansiedade. A Anne Liv mesmo tem uns picos de energia que para quem não está acostumado, pode ver com outros outros.

A Amanda foi uma criança ansiosa, por volta dos 11 anos ela começou a ter momentos de taquicardia, sentia dor de cabeça, fortes enxaquecas e mesmo indo ao médico, nada era detectado. Esse é um fato que vale a pena ser super observado. Se você tem uma criança em casa, vale observar como ela se comporta, se menciona sentimentos de desespero, como coração acelerado e se tem problemas de insônia.

A ansiedade se apresenta de formas diferente, não existe um sintoma específico e dependendo do nível, pode inclusive ser trabalhada como um fator positivo para quem tem. Isso porque a ansiedade quando trabalhada de maneira positiva pode ser um estimulante para que o portador tenha anseio de realização e se movimente com maior frequente em busca de suas metas e objetivos.

Você sabia que a ansiedade surge não por problemas de saúde do corpo, mas sim por questões emocionais?

Quem sofre de ansiedade em grau avançado, sabe o quanto é angustiante e o quanto a mente fica acelerada em um nível que chega a paralisar por medo de coisas simples se tornarem algo catastrófico. A intensidade da ansiedade é um fator determinante para que a pessoa ansiosa consiga ter uma vida normal ou não. Por isso, é tão importante buscar ajuda profissional para ter auxílio e receber as ferramentas certas para lidar com a ansiedade.

Como detectar: quais são os sintomas da ansiedade?

A ansiedade se apresenta com alguns sintomas físicos, o primeiro deles pode ser com alterações gastrointestinais. Se algo nos seus planos mudam e você bate o famoso “piriri”, esse é um sintoma de que você pode estar sofrendo com ansiedade.

O sono é outro fator que deve ser muito observado. Se você deitou para dormir e sentiu que a sua mente continua super ativa, ligada como se você não conseguisse parar ou se você conseguiu dormir, mas acordou várias vezes, sentiu no dia seguinte como se não tivesse descansado por conta de dias seguidos de noites mal dormidas por conta de excesso de preocupação. Esses fatores são alertas de que a ansiedade está afetando a sua saúde.

Você costuma ter muitas tensões no corpo? Seus ombros são relaxados? Sente dores no pescoço com frequência? Se você não se sente relaxado, isso tem ligação direta com a ansiedade, porque seu corpo fica tenso por entender que deve estar constantemente preparado para lutar, é parte do nosso instinto.

Entendeu os sintomas? Agora me conta nos comentários, depois de ler sobre os sintomas, você se considera uma pessoa ansiosa?

Saiba lidar com uma crise de ansiedade!

A Amanda destacou na nossa conversa que a RESPIRAÇÃO é fundamental para amenizar uma crise de ansiedade. Ainda na adolescência, uma técnica simples que ajudou muito a prevenir e a lidar com as crises foi: LEMBRAR DE RESPIRAR!

Se você tem uma rotina agitada, um dia cheio de compromissos, coloque alarmes programados no seu telefone com lembretes para você ter um momento de PAUSA para RESPIRAR PROFUNDAMENTE. Mesmo que seja por 1 minuto! Pare e respiro fundo focando na sua respiração.

Outra dica é usar post-its para colar perto de você, seja no computador, na agenda, na porta da geladeira, no bebedouro e por aí vai. Tente incluir na sua rotina pequenas atitudes que vão te ajudar a prevenir as crises. Fique amigo da sua respiração!

Buscar ajuda profissional é essencial! Se você se identificou com os sintomas e sabe que seu desempenho e sua vida estão afetados por conta de sentimentos e emoções que você não sabe como lidar nesse momento, procure um profissional.

A ideia é te ajudar a entender o que é a ansiedade e te encorajar a buscar ajuda. Tenho certeza de que com essa dica simples da respiração, você vai sentir uma mudança gradual, mas ser acompanhado por um profissional é algo inegociável.

Esperamos ter te ajudado com esse primeiro vídeo da nossa série sobre ansiedade do Momento Zen. Se você gostou, te convido a conhecer outros conteúdos no Zen para te guiar nessa jornada de desenvolvimento pessoal.

Sobre o meu aplicativo: o Zen App

O meu app Zen está em mais de 150 países, temos conteúdos como meditações guiadas, trilhas de relaxamento entre outros programas que vão ter ajudar nessa caminhada de transformação. Toda semana nossa equipe lança conteúdo pra vocês. No Zen lançamos meditações guiadas, ferramentas para seu desenvolvimento, programas para insônia e ansiedade, em inglês português e espanhol. Além dos podcasts que estamos criando para contribuir ainda mais com a sua jornada. Te espero por lá, se você ainda não conhece o Zen, tem link aqui para baixar. Se você já conhece, deixa nos comentários o que você mais gosta e o que deseja ver por lá.

VEJA OUTROS ARTIGOS QUE VOCÊ POSSA GOSTAR

Momento Zen: Uma carta de você, para você!

MEDITAÇÃO PARA ANSIEDADE

Momento Zen: Planejamento para 2020

 

Beijos com amor,

Ju e Amanda