Nutrição | IMC

08/10
por Dra. Ingrid Seiler Prior*
 
O Índice de Massa Corporal (IMC) é a relação entre o peso e a altura. Através desse índice é possível ter o diagnóstico da adequação do peso com as seguintes faixas: normalidade, sobrepeso, obesidade e baixo peso.
Fórmula para o cálculo do IMC:
 
IMC = Peso (em Kg)
Altura ao quadrado (em metro)
 
 Confira a classificação do peso para adultos, segundo o IMC:
 
Classificação IMC (Kg/m2)
Baixo Peso Menor que 18,5
Normalidade 18,5 – 24,9
Sobrepeso 25 – 29,9
Obesidade Leve 30,0 – 34,9
Obesidade Moderada 35,0 – 39,9
Obesidade Mórbida Maior que 40
 
Quanto maior for o IMC, maior a chance de desenvolvimento de doenças como diabetes, hipertensão arterial e doenças cardiovasculares, ou até mesmo de morte precoce. Mas isso não significa que quanto mais magro melhor, pois o índice de mortalidade também aumenta em indivíduos com IMC muito baixo, principalmente por causa de doenças infecciosas e dos pulmões. O ideal é manter-se na faixa de normalidade.


 
Avaliação do peso saudável em crianças e adolescentes
 
A avaliação da massa corporal em crianças e adolescentes é feita através de tabelas que relacionam idade, peso e altura. O IMC não é indicado nessas faixas etárias porque crianças e adolescentes passam por rápidas alterações corporais decorrentes do crescimento.

*Artigo escrito pela colunista Dra. Ingrid Seiler Prior | Nutricionista especialista em Fisiologia do Exercício pela Universidade Gama Filho e em Obesidade e Emagrecimento pela Universidade Federal de São Paulo. Docente do curso técnico de Nutrição no Colégio Marquês de Olinda.