Nutrição | Metabolismo

22/10
por Dra. Ingrid Seiler Prior*

Metabolismo é a quantidade de energia (calorias) que o nosso corpo queima para se manter vivo. A taxa metabólica de cada um é determinada em grande parte por características genéticas. Por essa razão algumas pessoas comem muito e não engordam, e outras possuem dificuldade em manter/perder peso.

A quantidade total de energia despendida diariamente pode ser expressa como a soma de três componentes:
 
Taxa Metabólica Basal
 
A taxa metabólica basal representa a energia necessária para as funções vitais do organismo, que representa aproximadamente de 60% a 75% da energia gasta diariamente.
Aproximadamente 80% da taxa metabólica é determinada geneticamente, enquanto os outros 20% dependem dos seguintes fatores:
Tecido muscular, sexo, idade, clima, freqüência das refeições, gestação, fatores patológicos e hormonais.
 
Termogênese Induzida pela Dieta
 
O consumo de alimentos induz a uma elevação de nosso metabolismo energético, a denominada termogênese induzida peladieta, caracterizada pelo gasto energético procedente da própria absorção e digestão dos alimentos. Sua contribuição chega ao valor de 5% a 15% da energia gasta por dia.
 
Efeito Térmico da Atividade Física
 
A terceira forma pela qual gastamos energia é pela pratica de exercício físico, conhecida como Efeito Térmico da Atividade Física.
Nos sedentários ele contribui com 10% a 15% da energia gasta durante o dia, através de atividades leves como caminhar, subir escadas ou carregar objetos. Mas, durante exercícios moderados e pesados, pode-se chegar a 20% ou 30% da energia gasta durante o dia, o que representa excelente contribuição para os programas de perda de peso.
 

*Artigo escrito pela colunista Dra. Ingrid Seiler Prior | Nutricionista especialista em Fisiologia do Exercício pela Universidade Gama Filho e em Obesidade e Emagrecimento pela Universidade Federal de São Paulo. Docente do curso técnico de Nutrição no Colégio Marquês de Olinda.