O QUE O MEDO FAZ COM VOCÊ? | Domingo Zen

4439
02/07

Como é sua relação com o medo? Quantas vezes ele não gerou tantos outros sentimentos indesejados? Esse Domingo Zen vem para te ajudar, para que você reflita sobre novas formas de encarar essa emoção!

Quando a gente pensa naquilo que julgamos ruim, naturalmente queremos evitar, eliminar, repudiar. Um dia algo me fez virar a chavinha e mudar minha concepção sobre medo e isso se aplica a tantas outras emoções. Por que continuamos tentando viver sem medo, sem raiva, sem tristeza? Nosso estado natural, seres humanos, a flor da pele, sim vamos sentir e eu não desejaria deixar de ter sentimentos. Sendo assim, qual seria o caminho mais sensato, talvez não o mais fácil rsrs, mas o caminho do equilíbrio?!

Percebi que além de não querer sentir medo, eu mesma por tantos anos, não me permiti aceitar que sentia medo, me considerava uma pessoa ‘tão corajosa e forte’. Sim, eu era forte e corajosa, mas mesmo assim tinha medo, tantos medos e inseguranças… mas fazendo vista grossa a tudo isso, sem querer enxergar ou muito menos assumir. Isso, no fundo, não me fazia bem. Eu, além de sentir medo, lutar contra ele, não querer assumir, ficava brava comigo por sentir isso, por viver essas emoções indesejadas. Afinal, qual o sentido de ser blindado, perfeito, indolor? Será que é possível mesmo?

Pois bem, o que realmente me fez mudar foi o dia em que entendi que essa seria uma batalha a ser vencida. Simplesmente não precisava viver em pé de guerra com medos e inseguranças internamente, sem assumir que eles realmente me atingiam tanto. O que eu precisava de verdade era aceitar. Aceitar que o medo é um sentimento natural e ele faz parte, você queira ou não, vai continuar fazendo parte da sua vida. Lutar contra não vai eliminá-lo, aliás, eu sentia que quanto mais eu o repudiava, mais eu acaba alimentando isso, dava mais energia, pensava mais nele, acabava vivendo mais ele.

O que fazer então?! Reconhecer a dualidade que nos habita, saber que temos sombra, que temos luz. O melhor que podemos fazer é buscar o equilíbrio, nossos antídotos às emoções indesejadas. Se você sente medo, o que talvez esteja faltando para que ele deixe de te paralisar ou te descontrolar? Dentro de nós podemos achar as respostas para todas as nossas questões mais profundas. Cada um tem seus sentimentos manifestados de alguma forma, não existe receita de bolo para lidar com sentimentos. Existe sim, uma forma de você equilibrar mais suas emoções, de se entender de fato com seu medo e suas inseguranças de uma forma que possa seguir em frente mesmo assim.

VEJA A REFLEXÃO NO VÍDEO

No fundo a pessoa mais corajosa que você conhece, não é imune ao medo, ela simplesmente se entende com ele, sabe como lidar e não deixa que ele tome conta de suas reações e de suas não ações. Eu hoje sinto uma diferença imensa em quem eu sou, especialmente diante do medo que tanto me paralisou. Hoje eu o conheço, o reconheço e o respeito, mas sei me impor e ele passou a me respeitar também. Não vivemos em pé de guerra, vivemos nossa dualidade. Ele cria sombra, agora eu sei como criar luz. E assim vivemos, aprendemos! Assim seja!

Já Baixou o Zen App?

Se você ainda não conhece o meu app Zen, baixe gratuitamente para iPhone e Android AQUI! Conheça as trilhas relaxantes, as reflexões diárias, o calendário de humor e também os planos de assinatura das meditações guiadas, afinal a meditação é uma ferramenta poderosa de autoconhecimento, cura e equilíbrio, Se você também deseja isso para a sua vida, agora ficou mais fácil =)

VEJA POSTS QUE VOCÊ PODE GOSTAR

Traumas | Exercício e Mentalização de Cura

Tem Sonhos, Mas Falta Dinheiro? | Planejar e Realizar

Beijos com muito amor, com medo e, acima de tudo, coragem;

Ju