Organização de sapatos e bolsas | Método KonMari

25/10

A saga da arrumação continua aqui em casa! Agora vamos aprender sobre a organização de sapatos e bolsas usando o Método KonMari.

Se você ainda não conhece a Nalini, vou te apresentar. Ela é especialista em organização e uma das quatro  mulheres certificadas no Brasil, pelo Método KonMari, o método de arrumação inteligente mais conhecido do mundo, criado pela japonesa Marie Kondo.

Organizando sapatos e bolsas

É necessário visualizar tudo que você tem antes de decidir o que fica e o que sai da sua vida. Contudo, vale lembrar que o Método KonMari não foca na quantidade, mas sim na qualidade e no vínculo que você cria com o sapato. 

Tire tudo da SAPATEIRA

Coloque todos os sapatos no seu campo de visão, porque é importante ver tudo para trazer consciência do que você tem! Visualize e comece separando um sapato que você realmente AMA! 

Depois escolha um sapato que você sente que não se conecta mais com você, e com quem você é agora, ou com a pessoa que você quer se tornar. Algumas perguntas podem te ajudar nesse processo. O sapato está em bom estado de uso? É confortável? Você usa com frequência? 

A conexão com a peça vai te ajudar a ter feeling do que realmente deve ficar. Mas se tiver muita dúvida, separe alguns modelos para decidir depois.

Ao segurar um sapato nas mãos, se questione: “Isso me traz alegria? Me aproxima da pessoa que eu quero ser? Me conecta com a minha essência hoje?”. A ideia principal do Método KonMari é que você tenha sempre roupas e acessórios que proporcionem realmente satisfação.

Organização de sapatos e bolsas: Como organizar a SAPATEIRA?

A melhor forma de organizar a sapateira, é agrupando primeiros os modelos que você mais usa. É importante deixar esses sapatos nas prateleiras que ficam no seu campo de visão. Assim que você olhar para a sapateira, como resultado vai otimizar as escolhas mais corriqueiras.

Na sequência é importante separar por categoria. Por exemplo: sapatos de esporte juntos, saltos na mesma fileira, botas na parte inferior porque usa com menos frequência.

Outro ponto bacana é colocar um sapato com o bico pra frente e outro para trás, isso porque otimiza muito espaço, de verdade! Além disso, ajuda a escolher o melhor modelo,  que tem aquele detalhe diferente, na hora de montar o look.

Organização de sapatos e bolsas: Adapte do seu jeitinho!

Depois de organizar, não pense que tem que deixar sempre de um único jeito. Se permita sentir se o modo como você organizou é funcional pra você. Além disso, lembre de remanejar alguns modelos de lugar, observe se você está de fato usando melhor os sapatos e reorganize do seu jeito!

E as bolsas, Ju?

Com as bolsas, basta você repetir o mesmo processo dos sapatos. Eu aproveitei para incluir os óculos nessa jornada também. Vale tudo pela organização, gente!

Finalizada a arrumação, é essencial que você se permita observar como você convive com essa nova fase. Se pergunte se você sente falta de algo que você decidiu encerrar o ciclo ou se está vivendo melhor e otimizando muito mais suas escolhas na hora que vai montar seu look. 

Eu confesso que estou 100% feliz com as minhas escolhas e mesmo 15 dias depois da nossa saga de arrumação, continua tudo organizado e muito mais funcional do que antes.

Me conta, curtiu nossas dicas de organização de sapatos e bolsas? Você curte essas séries de organização?

Sobre a Marie Kondo

Se você quer se aprofundar nos ensinamentos da Marie Kondo, não deixe de assistir a série “Ordem na Casa com Marie Kondo” disponível na Netflix. E também de ler os livros “A Mágica da Arrumação e Isso Me Traz Alegria” traduzidos e publicados pela Editora Sextante no Brasil.

VEJA OUTROS POSTS DA SÉRIE DE ORGANIZAÇÃO

TIREI TUDO DO ARMÁRIO E OLHA NO QUE DEU

A MÁGICA DA ARRUMAÇÃO TÁ ACONTECENDO!

Deixe a sua sugestão nos comentários, eu amo receber o feedback e o carinho de vocês!

Com amor,

Ju