Papo Calcinha #2 | Sintomas e Tratamento da Candidíase

07/01
publicidade

A gente sabe que certas épocas do ano merecem certos cuidados de beleza e de saúde. O verão não é diferente, especialmente quando a gente pensa em praia, sol, piscina e mais atividade física. Nesse “Papo calcinha” preparei algumas dicas de amiga, para que você preserve sua saúde íntima da melhor maneira, não só nessa época, como no ano todo!

juliana goes | juliana blog | candidiase | como tratar da candidiase | candidiase sintomas

Falei do verão no início do texto, porque muitas vezes, depois de praia e piscina, a gente fica de biquíni molhado e isso pode ser uma das causas da candidíase. A candidíase ou monilíase é uma doença causada por fungo que pode se manifestar geralmente quando nosso organismo apresenta queda de resistência, causada por estresse ou outros fatores.

De qualquer forma, li bastante sobre o assunto e vi que acontece com três em cada quatro mulheres, sendo muito comum e, às vezes, ficando ali no silêncio da dúvida. A candidíase pode atingir 75% da população feminina e isso não precisa ser motivo de vergonha. Afinal, você não precisa viver com desconforto e nem seu corpo em desequilíbrio, por isso é preciso entender o que é, como surge e como é tratada.

 
Os sintomas mais comuns são corrimento espesso e esbranquiçado, geralmente acompanhado de coceira e irritação vulvar e vaginal. Em alguns casos, incômodo e dor durante a relação sexual também pode ser um sinal da doença. Embora a candidíase possa ser transmitida por contato íntimo com o parceiro, não se trata de uma doença sexualmente transmissível, pois pode se manifestar de forma independente da relação.

juliana goes | juliana blog | candidiase | como tratar da candidiase | candidiase sintomas

Fique atenta a alguns fatores que podem levar ao surgimento da candidíase: uso de roupas apertadas e calcinhas de tecido sintético, ficar muito tempo com biquíni molhado, baixa imunidade, estresse, uso excessivo de antibióticos e duchas vaginais em excesso. Falando em prevenção, seguem algumas dicas: preferir as calcinhas de algodão, evitar calças apertadas e evitar o uso contínuo de absorventes internos.

Eu sempre digo o quanto é importante entender o que seu corpo está dizendo, como ele se manifesta, então lembre que se algo mudou na sua saúde, isso merece sua atenção. Não é à toa que os médicos incentivam a prevenção ou no caso de uma doença, por mais simples que seja, o quanto antes é feito um diagnóstico, maiores as chances de um tratamento efetivo.

Quanto ao tratamento, hoje em dia existem alternativas práticas e de rápida resposta. O tratamento em si e a duração dele variam de acordo com o estilo de vida de cada mulher, mas geralmente é muito prático: dura apenas um dia e você pode adquirir o produto direto na farmácia, simples assim!

Cuide bem de você mesma, nossa saúde é algo preciso =)
Beijos com amor,

Ju

juliana goes | juliana blog | candidiase | como tratar da candidiase | candidiase sintomas