Reciclagem

03/04
por Dra. Ingrid Seiler Prior*

Reciclagem é um conjunto de técnicas que tem por finalidade aproveitar os detritos e reutiliza-los no ciclo de produção de que saíram. E o resultado de uma série de atividades, pela qual materiais que se tornariam lixo, ou estão no lixo, são desviados, coletados, separados e processados para serem usados como matéria-prima na manufatura de novos produtos.


 
Veja exemplo de materiais recicláveis:
– Papel: jornais, revistas, folhas de caderno envelopes, caixas, papelão, cartazes, etc.
– Vidros: garrafas, copos, recipientes.
– Metal: latas de aço e de alumínio, clipes, grampos de papel e de cabelo, papel alumínio.
– Plástico: garrafas de refrigerantes e água, copos, canos, embalagens de material de limpeza e de alimentos, sacos.

O que não é reciclável:
– etiqueta adesiva, papel carbono, fita crepe, papel sujo, papel plastificado, fotografia, bituca de cigarro, esponja de aço, cano, espelho, vidro, lâmpada, cerâmica, porcelana, gesso, cabo de panela, tomada, embalagem de biscoito, pizza, etc.
 
Separar o lixo seco de todos os restos orgânicos: um copo sujo de cafezinho pode inutilizar quilos de papel limpo – e reciclável. Lavar as embalagens para retirar os resíduos dos alimentos e dos produtos de higiene e limpeza.

Escolha um local adequado para guardar os recipientes com os recicláveis até a hora da coleta. Antes de guardá-los, limpe-os para retirar os resíduos e deixe-os secar naturalmente. Para facilitar o armazenamento, você pode diminuir o volume das embalagens de plástico e alumínios amassando-as. As caixas devem ser guardadas desmontadas.

 *Artigo escrito pela colunista Dra. Ingrid Seiler Prior | Nutricionista especialista em Fisiologia do Exercício pela Universidade Gama Filho e em Obesidade e Emagrecimento pela Universidade Federal de São Paulo. Docente do curso técnico de Nutrição no Colégio Marquês de Olinda.



Conheça meu Curso de Maquiagem Online. São 21 vídeo aulas + um super Ebook por R$ 24,90!