ROTINA COM BEBÊ EM DIAS DE CONSULTA

18/11

Liam e eu fizemos um vídeo para falar da nossa pequena vida fora de casa, quando saímos para ir às consultas médicas, rs. A rotina com bebê em dias de consulta é bem movimentada. Aproveitei para falar sobre os acessórios que usamos com o bebê e tempo para o relacionamento em casal depois dos filhos!

Na última semana o Liam teve consulta com osteopata e no dia seguinte ele teve pediatra e eu tive retorno no obstetra. Aproveitamos para gravar um momento ao ar livre, afinal, faz tão bem poder sair e ver gente!

Rotina com bebê – Consulta com osteopata

A osteopatia é uma abordagem bem abrangente para os cuidados de saúde, que parte do princípio de que nervos, músculos e ossos estão interconectados com todo funcionamento do corpo, sendo assim, qualquer alteração em uma parte do corpo tem o poder de afetar outra.

Nesse cenário, o nascimento pode ser um processo fisicamente desgastante para alguns bebês… especialmente nos casos de trabalho de parto mais demorado, como foi o parto do Liam.

Então, em nosso contexto, o objetivo é liberar a tensão física do corpinho do bebê, tornando-o mais calmo, promover a simetria do corpo e encorajar o funcionamento físico ideal durante o crescimento. Tudo de forma suave e natural.

Durante a consulta a Dra. Ana Paula faz um trabalho bem personalizado e a terapia é realizada de acordo com as necessidades que são identificadas. Além disso, tem excelentes orientações com relação ao posicionamento e cuidados com o bebê.

Rotina com bebê – Consulta com pediatra

No dia seguinte, fomos à consulta com a pediatra, Dra. Catarina. Primeiramente, quero ressaltar a importância do acompanhamento de rotina com pediatra, principalmente para o crescimento e desenvolvimento do bebê. Mas não é só isso, tem ainda o entendimento de aspectos da saúde que podem ser fisiológicos, ou não.

O Liam, por exemplo, tem um refluxo fisiológico. Ele mama muito e algumas vezes após a mamada o leito retorna, saindo pela boca e até nariz. No caso dele, o crescimento e ganho de peso indicam que está tudo bem e não são necessárias intervenções. No entanto, durante a consulta a Dra. Catarina alertou para situações em que o bebê tem dificuldades para ganhar peso e chora muito, além de outros sinais, que podem indicar a doença do refluxo. Atenção mamães!

Sling X Moisés

Quem viu nosso vídeo percebeu que no primeiro dia o Liam estava no sling, no segundo dia, utilizamos o moisés. Assim, quero aproveitar para falar desses dois acessórios que utilizamos, já que muita gente pergunta qual eu prefiro.

Antes de mais nada, é importante considerar que o uso de cada um remete a contextos bem diferentes. O sling traz o conforto do contato com o nosso corpo, também é interessante porque nos deixa com as mãos livres, só quem é mãe de dois entende a preciosidade disso. A dica que dou é acostumar o bebê desde cedo, pois com a Liliu não fizemos assim e ela estranhou um pouco quando tentamos usar. Ah! Também é bom lembrar que nem todos os modelos são aptos para recém-nascido.

O moisés, por ser horizontal, é ideal para o bebê ficar por longos períodos, como foi o caso do nosso segundo dia fora de casa e muitas consultas. O modelo que utilizamos é um com carrinho, muito versátil por sinal, que foi usado pela Liliu e agora abriga seu irmãozinho.

Relacionamento do casal

Por fim, Crica e eu temos algumas dicas para casais com bebê resgatarem a relação homem mulher e aproveitarem melhor o relacionamento após o nascimento de um filho. Sabemos que para papais e mamães de primeira viagem é bem complicado, pois geralmente ficamos cheios de preocupação e nosso mundo se resume aos cuidados com o bebê. Mas é assim mesmo, com o tempo nós aprendemos a aproveitar melhor nossos momentos.

A primeira dica é aproveitar quando o bebê dorme para o casal ficar junto e fortalecer a relação. Por aqui, é principalmente nesse momento que nós conversamos, assistimos algum episódio de uma série ou jantamos juntos.

A segunda, é contar com uma rede de apoio que ajude nos cuidados para que vocês tenham um tempo para relaxar e curtir um ao outro.

A terceira dica é se regrar. Dedicar momentos específicos para a relação, seja preparando um jantar, comendo juntos ou fazendo algo agradável para os dois.

Por fim, compreender que rotina com bebê é assim mesmo e que nenhuma dificuldade será para sempre. As fases passam e nós nos readaptamos, com a resiliência necessária tudo se ajeita.

Agora é sua vez de me contar como é sua rotina com bebê em dias de consulta e o que você achou desse post.

Aqui estão outros posts que você pode gostar:

Primeiro mês do bebê: saiba o que esperar

Favoritos de recém-nascido

O que é rede de apoio? | Como ajudar?

Beijos,

Ju