TRABALHO E MATERNIDADE: Dicas para estar mais presente com seu bebê

05/06

Sua licença-maternidade está acabando ou você acabou de ter um bebê e já está preocupada em como fazer para encontrar o equilíbrio entre trabalhar e ter tempo para o seu filho? Essa preocupação é bastante comum entre as mães, por isso vim aqui esclarecer este assunto e contar um pouco sobre a minha experiência pessoal em como conciliar trabalho e maternidade.

Já falei aqui no blog que, antes mesmo de Anne Liv nascer, eu já usava um aplicativo chamado Kinedu, que se propõe a transformar momentos do cotidiano em impulsionadores do desenvolvimento infantil. O app sugere brincadeiras diariamente com base no estágio atual de desenvolvimento da criança, e essas atividades são uma maneira excelente de ter um tempo de qualidade com o seu filho.

Clique AQUI e baixe o Kinedu grátis para iPhone e Android!

Pela natureza do meu trabalho, eu não parei de trabalhar quando a Liliu nasceu, e tinha planos de colocá-la na escolinha só quando ela tivesse uns 2 anos. Mas o fato é que trabalhar com ela por perto foi extremamente desafiador, pois ela via que eu estava ali e não estava dando atenção pra ela – e as crianças precisam de atenção, desse tempo de qualidade. Por isso, eu e o Crica optamos por colocá-la na escolinha este ano, para que eu pudesse estar presente – tanto no trabalho quanto com ela.

Um dos fatores que me ajudou a tomar essa decisão foi poder acompanhar o desenvolvimento da Anne Liv pelo Kinedu e saber que o Crica, a vovó e outros cuidadores também podem usar o aplicativo para fazer as atividades e estimular o desenvolvimento dela. Esse “pacote família” faz parte da assinatura premium do aplicativo (que nós usamos e amamos!), embora ele tenha também uma versão gratuita. Se você está pensando em baixar o app, aproveita para testar a assinatura premium gratuitamente por 7 dias, vale muito a pena!

O fato é que nós não sabíamos como a Anne Liv ia lidar com essa separação, então tivemos que nos preparar emocionalmente para isso. É claro que ela sentiu a nossa ausência, mas já está, aos poucos, se adaptando. Entender que não se tem exclusividade sobre a mãe também faz parte de um desenvolvimento socioafetivo saudável, assim como ter um convívio social com outras crianças.

Atividade: Brincando de esconde-esconde

Essa atividade do Kinedu ajuda a trabalhar a ansiedade de separação e a fortalecer os laços afetivos entre você e o seu filho.

Baixe o Kinedu para iPhone e Android e veja o vídeo da atividade agora mesmo!

As crianças percebem nossos sentimentos e detestam se sentir enganadas. A melhor coisa é deixar claro, desde o início, que você está indo trabalhar e irá voltar. Isso irá estabelecer uma relação de confiança entre você e o seu filho, que é fundamental para que ele desenvolva um apego seguro.

Na verdade, não existe regra ou fórmula pronta para conciliar trabalho e maternidade. Voltar ou não trabalhar é uma decisão só sua e do seu parceiro – apenas tenha em mente que ter tempo de qualidade com o seu filho (abraçar, interagir, conversar, brincar) é mais importante do que estar com ele em tempo integral.

Você também pode se interessar por:

Ansiedade de separação: brincadeiras que ajudam o seu bebê nesta fase!

Tudo sobre ansiedade de separação

Você já voltou a trabalhar ou a licença-maternidade está chegando ao fim? Conta aqui nos comentários quais são as suas preocupações sobre essa fase!

Beijos com amor,

Ju e Kinedu

publicidade