Resumo de fevereiro | Terapia, Drinks, Novos Negócios e mais

08/03

Voltamos com o resumo de fevereiro!!! Um pouco do melhor (e do pior também) desse mês para você!

Resumo de Fevereiro

Meta do mês: treino e terapia

Eu comecei o ano fazendo diários e mandala lunar, e simplesmente parei. Comentei um pouquinho no Resumo de Janeiro, lembra?

Então minha meta foi manter algumas rotinas e hábitos que são prioridades: treino e terapia. 

O treino, inclusive,  eu consegui fazer direitinho e ainda dar uma atenção especial. 

No Carnaval eu quis ficar mais off, mas não deixei minha rotina de treinos, afinal faz bem para a mente e para o corpo. E confesso que treinar vários dias seguidos me fez repensar a minha relação com atividade física. 

Eu não sou a pessoa que ama fazer atividade física, mas eu vou mesmo sim e nunca me arrependi disso.

Eu estava buscando uma nova terapeuta também, e quando eu me abri para isso, eu consegui uma como gostaria. Além de ser formada em psicologia, ela tem muitas vertentes das terapias integrativas.

É muito importante que a gente se empenhe em fazer coisas que funcionam como alicerces para estarmos bem estruturadas e equilibradas.  E por isso, foi muito importante voltar para a terapia, está me fazendo muito bem.

Tratamento pélvico 

Abrindo algo bem pessoal e íntimo meu, eu vinha com desconforto desde o pós parto do Liam. Eu tive o parto natural dos meus sonhos, sem intervenções, mas eu tive uma laceração um pouquinho severa pode acontecer e eu estava aberta a isso. 

Eu tive ponto interno por isso, e a cicatrização me incomoda até hoje, principalmente durante as relações. É muito comum que a gente se conforme com a dor, mas eu não acredito que precisamos nos adaptar ao desconforto. 

Por isso, eu troquei uma ideia com a minha dermatologista, Natalia Venturelli, que eu sei que tem tratamentos íntimos em parceria com uma fisioterapeuta pélvica. E agora comecei o tratamento! Inclusive posso trazer mais no canal sobre isso. 

Veja meu corpo após dois filhos!

Consulta oftalmológica

O primeiro check desse resumo de fevereiro foi levar as crianças ao oftalmologista, que eu mostrei no vídeo de “Um dia na minha rotina”.

Martelete, revestimento e aprendizados novos

O segundo check foi alguns aprendizados novos. 

Não subestime suas ideias que parecem bestas, porque elas podem te afetar positivamente. E para mim, colocar a mão na massa foi exatamente isso. 

Eu aprendi a usar o martelete, que mostrei no vídeo de “Piso da Cozinha”, e a colocar revestimento.

Quando eu aprendo algo novo, eu sinto que me fortalece, desde meu lado criativo a minha autoestima. Coisas simples às vezes afetam várias outras coisas mais complexas. 

Cobertura à venda

O terceiro check foi abrir em vídeo nossa nova empreitada como investidores no imobiliário com nossa primeira cobertura à venda

Esse é um projeto antigo meu, mas abrindo para alguns amigos, eu descobri que também era sonho deles. Por isso, eu acredito que valha a pena você falar dos seus sonhos. 

Algumas pessoas ficam com receio, pensam que isso atrai inveja, mas eu acredito que são oportunidades de você se conectar mais e receber ajuda. 

A ideia inicial era comprar apartamentos pequenos e simples que estivessem precisando muito de uma repaginada e reforma (que é o que eu amo) e vender. 

Porém vimos essa oportunidade da cobertura e resolvemos começar por ela. 

Nossos amigos estudam esse mercado e estão apoiando a gente na parte administrativa, jurídica e com muito conhecimento. 

Carga emocional

Eu fiquei alguns dias muito impactada, sem conseguir colocar um filtro, na Guerra da Ucrânia e da Rússia.

Claro que quem está mais ligado em política sabia que esse cenário poderia acontecer, mas para mim veio como um banho de água fria. Eu precisei levar esse assunto para a terapia, porque eu sinto que eu pego a dor do mundo e sou consumida por ela. 

E existe uma diferença entre você ser uma pessoa sensível e você se deixar engolir pela tragédia. Muitas vezes, eu estou do último lado, e isso compromete o meu raciocínio, meu sono e meu rendimento. 

Eu fiz terapia com barra de access, e uma das técnicas é se perguntar “isso é meu?”. Se for uma influência externa e enérgica, você devolve esse sentimento com a frase “Eu devolvo ao remetente com consciência anexada”.  

Com essa frase, você consegue filtrar e entregar com uma energia diferenciada. Eu fiz por uns três dias, acreditando muito, e consegui virar essa chave. 

Família

O mês foi corrido, mas positivo como casal. Conversamos bastante e tomamos algumas decisões.

Veja nosso vídeo respondendo as perguntas do casal!

A Liliu começou a dormir no quarto dela a noite inteira. Não sei se foi porque falamos que as bonecas sentem falta dela quando ela não dorme no quarto, mas agora ela está sempre lá e ainda dá boa noite para o quarto inteiro. 

A Liliu tem um instinto cuidador, e quando ela sente que sua presença faz diferença, as coisas começam a dar certo. 

Além disso, ela passou dois dias na casa da tia Liv. Eu acho bem importante isso, talvez porque minha mãe tenha me criado mais livre e me permitido dormir na casa das amigas. Acredito que seja importante para todo mundo, e vamos falar a verdade: é descanso também!

“Eu tenho uma missão para você”, descobrimos que essa frase ajuda muito mais na cooperação dos filhos do que de fato pedir ajuda. 

Momento de qualidade

Eu ainda estava negando alguns convites para festas infantis, mas eu acabei indo nesse mês. E foi ótimo!

O Crica ficou com o Liam em casa, e eu tive um bom momento de qualidade com a Liliu na festa. 

Outro momento de qualidade veio através de um anúncio do Instagram do Paint and Drink. É um projeto onde você pinta telas e toma vinhos e cervejas. 

Me dei um ingresso e fui sozinha mesmo. Acabei sentada do lado de uma seguidora sem saber, e ainda fizemos amizade. 

Consegui tirar esse momento para mim graças a minha rede de apoio. E honro também quem não tem essa oportunidade, pois sei que não é todo mundo que tem com quem contar.

Esse foi o resumo de fevereiro. E o seu mês? Como foi? Conta pra mim lá no vídeo!

Beijos,
Ju