Precisamos sair de casa durante a reforma

18/02

Precisamos sair de casa durante a reforma. 

Eis que de repente percebemos que não daria pra ficar em casa nesse estágio da reforma! Vem ver nosso plano B com a familinha.

Preparação para sair de casa durante a reforma

Mudanças de planos, e não foi possível dormir em casa nesse dia. O Crica já tinha ido para o hotel com as crianças e a vó, e eu fiquei em casa mais um pouco. 

Qualquer momento que eu posso estar sozinha, eu coloco uma música bem alta e tomo um banho bem gostoso. Aproveito essas situações para lembrar da Juliana individual. 

Fiz uma mala com um balde da Tokstok para dar banho nas crianças, pijama, sandália, camisetas que o Crica esqueceu pelo caminho, documento das crianças. 

Primeira noite no hotel

A rotina da noite é mais corrida, e sempre rola aquela preocupação com mudança de ambiente, principalmente porque o Liam não dorme direito. Mas ele dormiu super bem no hotel. 

Dica para quem tem restrições ou opções alimentares diferentes, como nós que seguimos uma alimentação planet-based: avise a recepção, pois assim eles conseguem preparar opções veganas para o café da manhã. 

Mini tour pelo hotel 

Ficamos no Sheraton Santos

Tem uma janela bem grande, uma cama que coube nós quatro (embora tenha um berço extra), ar condicionado gostoso, muitos armários. 

Já o banheiro é bem grande, tem um piso lindo em tom greige (que comentamos no vídeo sobre piso na cozinha), tem o trono separado e vista para o quarto. 

Quando perceberam que éramos uma família, o pessoal da recepção conseguiu dar um upgrade no nosso quarto para um maior. 

Voltando para casa para trabalhar

Precisamos sair de casa durante a reforma, mas precisei voltar para trabalhar, já que não tinha avisado na recepção que precisaria da visita da Lívia e do Rani. 

Como era muito pó, eu precisei almoçar no meu quarto. Mesmo com a cozinha vedada, não tinha como não sentir o pó pela casa inteira. 

Aproveitei e mostrei um pouquinho da casa e de como o pó estava por ela. Cobrimos o sofá e alguns móveis. O varal foi esquecido, e por pouco o pó não foi até ele. 

À tarde eu comi um pãozinho com patê de atum vegano (atum do futuro com maionese vegana).

Fiz algumas comprinhas na Tricaê para as crianças, como vestidos básicos e um sapatinho aberto da Molequinha para o Liam ir para a escola. 

Voltamos ao hotel

Conversei com a recepção e expliquei que precisava do apoio da Lívia e do Rani, e adivinha? Consegui mais um upgrade. Mudamos de quarto, agora com banheira e sofá.

Mostrei um pouco do espaço kids, onde as crianças estavam aproveitando bastante. 

Cemitério de azulejo

Lembra que eu comentei no último vídeo que o ladrilho estava R$ 400 o m²? Eu vim em um dos cemitérios de azulejos da minha cidade. 

Fiz ótimos garimpos. Não achei na medida que eu gostaria, mas o Isaac dá um jeito. Fiquei muito feliz com esse achado! 

No finalzinho do vídeo, eu trago alguns pontos:

  • Após alguns dias fora de casa, nossa jabuticabeira precisa urgente de uma poda;
  • Nossa ida na piscina do hotel ficou registrada apenas em fotos;
  • Eu errei a cor da tinta da cozinha

Mas no próximo vídeo falamos mais sobre a obra da cozinha 😉 

Gostou de acompanhar? Veja também Campos do Jordão em Família

Beijos,
Ju