Tour pela cozinha reformada + Antes e Depois

22/04

Chegou o grande dia do tour pela cozinha reformada!

Eu abri as portas pra vocês verem o resultado! Tô super feliz e ficou realmente do jeitinho que a gente sonhou, mais funcional e com a nossa cara. 

Veja o tour pelo apê vazio, antes da reforma!

Tour pela cozinha reformada

Parede verde

Comecei o tour pela cozinha mostrando uma parte que não estava dentro do projeto de reforma: a parede verde! 

Quem acompanhou desde o começo sabe que eu queria muito um detalhe verde na cozinha, e nós gostamos tanto que o fundo da cristaleira, a porta para a lavanderia e essa parede ganharam essa cor. 

Ainda está faltando outros quadros que temos da Dinamarca para decorar esse cantinho colorido. 

Essa cor trouxe um aconchego para a cozinha. Além disso, o verde escuro ativa uma mensagem no cérebro que é ótima para quem tem distúrbios alimentares ou compulsão. Traz um estado de harmonia! 

Nossa ilha

A ilha deu bastante ângulo para a cozinha. Antes você lavava a louça olhando para as paredes, cozinha olhando para as paredes. Agora está diferente!

Quem está aqui consegue interagir com quem está na sala, olhar as crianças, e muito mais!

No projeto inicial, teríamos portas na ilha, mas optamos por gavetas para facilitar o dia a dia. Além disso, quase todas as gavetas contam com uma interior, o que facilita ainda mais na organização da cozinha

Subimos o piso para a base da ilha para dar uma sensação de continuidade. Queríamos fazer isso com os rodapés também, mas não sobrou. 

O nosso piso é um porcelanato, mas com textura de madeira.  Ele tem um tom mais quente, o que deixa ainda mais aconchegante. 

Acima da ilha, temos prateleiras suspensas para deixar a coifa mais leve. Vamos testar algumas decorações ainda, como plantas.

E por fim, a lâmina da bancada tem os cantos arredondados.

Armários 

Mantivemos a geladeira onde era antes, mas colocamos um armário de nichos. Além de ser nossa despensa, facilitou a abertura das portas da geladeira. 

Ainda faltam algumas decorações nessa região!

Nossos armários tem uma continuidade ao longo da cozinha, o que eu gosto bastante. Optamos por puxadores de concha, uma releitura do retrô. 

Quem diria que esse tour pela cozinha teria uma pegada mais clássica, não é? Eu sempre fui muito fã do moderno e minimalista. 

Subindo os armários, a ideia era seguir com o revestimento, mas a minha arquiteta, Renata Valeiro, concordou que daria muito certo subir a pedra/lâmina das bancadas para a parede. 

Inclusive, uma das coisas que mais gosto dela, é que ela escuta os clientes. Ela é bem sucedida, renomada e ainda te escuta! Eu amo esse lado humano dela. 

Pia

Aproveitando que é uma lâmina slim e eu amo as cozinhas européias (que foram inspiração), optamos por não ter um frontão. Existe, porém pequeno e sutil. Além disso, também escolhemos não ter saia na frente (o que eu amei).

Para a cuba, optamos por uma farm sink de corian, porque a de porcelana era um mega investimento. Essa é de um material antibacteriano e super resistente. 

Para a torneira, optamos por uma monocomando com quente e frio. Ainda não instalamos o filtro, mas é uma opção. 

A disposição do ambiente foi pensada para facilitar o dia a dia. Por exemplo, a máquina de lavar louça fica próxima a pia, assim como as gavetas de talheres. 

Além disso, lavamos a louça com uma vista. Cozinhamos olhando para a sala. Então, tudo ficou mais funcional! 

 

Cozinha dos sonhos ativada! 

Estou muito feliz com esse tour pela cozinha reformada. Todas as pessoas que trabalharam com a gente foram incríveis.

O que você mais gostou? O que você não gostou?

Cozinha dos sonhos: como escolher o estilo da sua?

Beijos,
Ju