É um ecossistema que se sustenta sozinho, ele é independente! Não precisa de rega e quando está muito úmido eu tiro a tampa para sair o excesso de água e giro ele para permitir que todas as folhinhas novas cresçam buscando a luz do Sol.

Essa planta tem as folhas miúdas e aveludadas, uma sobrevivente da nossa familinha de plantas. Isso porque, ela passou por alguns acidentes com Sol e água nas folhas, é importante saber quando as plantas não gostam de água na folha.

Eu decidi germinar um abacate do zero e foi uma das experiências mais lindas que eu já vi acontecer. Agora vendo as raízes e a folha fico bem orgulhosa, acho que já está na hora de plantar. Foi simples! Lavei bem o caroço/semente e coloquei em um copo com água cobrindo o caroço pela metade e fui trocando a água diariamente e temos praticamente um abacateiro.

Fácil de cuidar, gosta de luminosidade indireta, então aquele sol da manhã é bem vindo, mas cuidado porque sol demais pode queimar as folhas.  Tenho regado conforme sinto a terra secando, mas minha preocupação é não molhar demais a ponto de apodrecer as raízes, porque esse vaso não tem furinhos embaixo pra escoar a água.

As folhas se assemelham ao formato de coração, podem mudar de cor com o tempo e não gostam de luz direta! Ela gosta de ter a terra seca durante alguns dias, então você pode regar três vezes na semana de acordo com o clima da sua cidade.